Publicidade

10 de Janeiro de 2014 - 07:00

Compartilhar
 

RESGATE HISTÓRICO

No próximo dia 7 de maio, há exatos 50 anos depois do episódio, a Câmara Municipal fará uma sessão especial para resgatar simbolicamente o mandato dos vereadores Jair Reihn, Francisco Afonso Pinheiro, Peralva de Miranda Delgado e Nery de Mendonça, cassados pelos próprios pares em 1964, numa decisão que só teve o voto contra do vereador Newton Vianna, que também quase perdeu o mandato por causa da resistência. Na mesma ocasião, segundo historiadores e políticos da época, como não tinha mandato, mas também estava na mira dos militares, o diretor da Câmara, Ney Jacinto Pereira, foi obrigado a se aposentar. Ontem, o presidente Julio Gasparette, de quem partiu a iniciativa, anunciou a formação da Comissão Parlamentar Especial "Memória, Verdade e Justiça", que vai tratar do projeto de resolução. Ela será composta pelos vereadores Rodrigo Mattos (PSDB), Jucelio Maria (PSB), José Márcio (PV) e Roberto Cupolillo (PT).


Na estrada

Antes mesmo da definição do candidato ao Governo, o PSDB orientou suas lideranças a irem para as ruas buscar apoio. Por conta disso, entre uma conversa com o governador Antonio Anastasia, na terça-feira, e a reunião com o senador Aécio Neves, na quarta, o deputado Marcus Pestana fez várias viagens pelo Norte e região próxima a Belo Horizonte, como Congonhas do Campo. Ele anunciou que o partido dará continuidade aos seus seminários, que já ocorreram na capital, em Uberlândia e Montes Claros. Juiz de Fora está na lista, mas sem data.


Estratégia

Uma das causas de antecipação das escolhas dos candidatos por Minas está no adversário. Com Fernando Pimentel andando pelo estado afora, seu próximo passo seria buscar aliados para formar a chapa majoritária, não só de vice, mas também de candidato ao Senado. Com a decisão de saída do governador Antonio Anastasia, no dia 31 de março, o senador Aécio Neves aposta que reduziu uma das possibilidades, já que, ante a popularidade do governador, poucos estarão interessados em enfrentá-lo nas urnas de outubro.


Complicado

Esta, segundo as especulações, é a principal razão de o senador Clésio Andrade não querer disputar a reeleição pelo PMDB. Há quatro anos no cargo, após substituir o titular Eliseu Rezende, ele teria que tentar a reeleição em outubro deste ano numa disputa de uma vaga só. O outro nome disponível pelo PMDB é o do empresário Josué Gomes, filho do ex-vice-presidente José Alencar. Mas este está voltando a Minas para uma composição com o PT, podendo até ser o vice indicado pelo PMDB.


Clube dos Malas

Conhecido por sua irreverência, o Clube dos Malas, da vizinha cidade de Rio Novo, faz manifestação, hoje, a partir de 11h, em frente à Câmara Municipal, no Parque Halfeld, para campanha, panfletagem, discursos e até churrasco para a eleição do "Mala de 2013". A fim de atrair a atenção, os filiados estarão acompanhados do Bloco do Zé Pereira, uma das mais tradicionais entidades carnavalescas da região, com seus bonecos gigantes. A eleição vai ocorrer amanhã, às 23h, no Acauã Clube de Rio Novo, por via direta. A lista já conta com 341 candidatos inscritos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você leva em consideração a escolaridade do candidato na hora de votar?