Publicidade

21 de Janeiro de 2014 - 07:00

Compartilhar
 

SAINDO DO PAPEL

O prefeito Bruno Siqueira bateu o martelo e definiu ontem um elenco de inaugurações para os próximos dias. A primeira delas vai ocorrer no dia 28 deste mês, quando será entregue a Ponte Wilson Coury Jabour, perto do Terreirão do Samba, a primeira de um complexo de mobilidade na região, que terá ainda uma trincheira sob a linha férrea, cuja meta é dar fim às retenções na passagem de nível da Rua Benjamin Constant. No dia 4 de fevereiro, será entregue a Escola Municipal de Rosário de Minas. O evento de maior relevância, porém, está programado para o dia 8 de fevereiro, com a presença do governador Antonio Anastasia. Será a inauguração da sede do Complexo Samu e da Rede de Urgência e Emergência, que já tem as primeiras unidades conveniadas: o Hospital João Felício, Santa Casa e Hospital Terezinha de Jesus. A meta é desafogar o atual sistema, cuja concentração se dá especialmente no HPS.


Na Assembleia

Como parte do projeto de ingressar na vida pública, seguindo os passos do pai, o jovem Carlos Alberto Bejani Júnior se filiou ao PTB. Uma segunda etapa foi a sua nomeação para o cargo de agentes de serviços de gabinete, padrão VL-16, para atuar no Gabinete da Liderança do Governo na Assembleia. Ele terá que cumprir uma carga horária de oito horas. A nomeação ocorreu em dezembro do ano passado. Bejani Júnior, segundo o seu pai, Alberto Bejani, está sendo preparado para ser candidato a prefeito em 2016.


Dobradinha

Quando consultado, o vereador José Márcio (PV) garante que já tem preocupação demais - e está satisfeito - com a atividade de vereador, cargo que ocupa pela primeira vez, mas o que se diz nos bastidores é que ele está sendo incentivado a tentar uma vaga na Assembleia. A pressão viria da direção estadual, que articula uma dobradinha, em Juiz de Fora, com o deputado Lincoln Portela. Vagner argumenta que sua decisão passa diretamente pelos eleitores e teme desagradá-los, uma vez que cortaria ao meio o mandato para o qual foi eleito.


Cuidadores

O "Diário Oficial de Minas Gerais" publicou legislação que institui a política estadual para o estímulo da atividade de cuidador de idoso. De autoria da deputada Ana Maria Resende (PSDB), o projeto define quatro princípios para a sua eficácia: proteção dos direitos humanos da pessoa idosa, ética do respeito e da solidariedade, melhoria da qualidade de vida da pessoa idosa em relação a si, à sua família e à sociedade e manutenção da convivência social da pessoa idosa. Também estabelece ações de incentivo à formação dos cuidadores.


Especiais

Juiz de Fora deve ser uma das cidades contempladas com uma Comissão de Exames Especiais do Detran-MG para a realização do processo de habilitação de condutor de veículo automotor com deficiência física. De acordo com projeto do deputado Luiz Humberto Carneiro (PSDB), sancionado pelo governador Antonio Anastasia, a comissão será instalada em cidades-sede das regionais da Polícia Civil. O texto determina ainda que, no caso de comprovada insuficiência de demanda ou racionalização dos serviços, a instalação pode ser cancelada.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da liberação da maconha para uso medicinal?