Publicidade

29 de Janeiro de 2014 - 07:00

Compartilhar
 

GESTOS SIMBÓLICOS

Na solenidade de inauguração da Ponte Wilson Coury Jabour Júnior, o prefeito Bruno Siqueira tratou seu pronunciamento em duas etapas. Na primeira, fez uma série de agradecimentos, com direito a pontuar alguns personagens, sem esquecer um nome sequer. Como destaque, a troca de elogios com a deputada Margarida Salomão, no palanque e que participou do descerramento da placa, considerada parceira da Prefeitura nas articulações em Brasília. Esta, por sua vez, se colocou à disposição do Executivo para tal empreitada. Bruno não se esqueceu, também, do ex-prefeito Custódio Mattos, a quem convidou para o evento, lembrando que os projetos iniciais foram traçados em sua gestão. Custódio foi representado pelo filho, o vereador Rodrigo Mattos. A segunda etapa foi um relato das ações que estão sendo desenvolvidas por sua administração. Elencou as obras em andamento e as que vão entrar em execução ainda este ano. A ponte, garantiu, é a primeira de uma série de "grandes obras" que pretende tornar realidade em seu mandato.


Bilhete único

Entre essas novas ações estão o bilhete único - promessa de campanha -, que está em fase final de avaliação. A primeira etapa vai contemplar a linha da universidade federal, a fim de garantir aos estudantes uma passagem e meia para dois ônibus. O processo, numa nova etapa, será estendido para outras linhas. O prefeito anunciou ainda a licitação, em breve, elaborada pelo Dnit, para a conclusão da BR-440, no trecho entre o Campo do Nova União e a BR-040. Na área central, comunicou que ainda neste primeiro semestre deve estar pronta a ponte na Avenida Brasil, perto do Tupynambás.


Permuta

Deve chegar nos próximos dias à Câmara Municipal uma mensagem do Executivo tratando da permuta de terreno entre a Prefeitura de Juiz de Fora e a universidade federal, para facilitar a construção da nova sede do Fórum num dos espaços do Terreirão do Samba. O anúncio foi feito pelo prefeito Bruno Siqueira, durante solenidade de inauguração da Ponte Wilson Coury Jabour Júnior. A UFJF repassa para o município a sua cota no Terreirão, enquanto a Municipalidade cede terreno, do mesmo valor, no Alto Eldorado com o Jardim Botânico, para construção de um teleférico. Já a PJF doa sua parte para o Tribunal de Justiça.


Licitação

O diretor do Fórum, Edir Guerson, também presente à solenidade, gostou do que ouviu e acentuou que, feita essa operação, sob autorização da Câmara, abrirá a primeira licitação, para construção da fundação. Como há um prazo para contestação de edital, ele acredita que, logo após a sanção da lei, levará cerca de 60 dias para concluir essa etapa. A outra viria logo em seguida, pois os recursos já estão previstos no orçamento do Tribunal de Justiça. Uma das preocupações é eleger uma empresa que inicie e termine a obra dentro dos prazos previstos em contrato. Em Uberlândia houve atraso.


Exonerado

Menos de dois meses após a nomeação, a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa publicou nas resoluções do último dia 27 a exoneração de Carlos Alberto Bejani Júnior do cargo de Agente de Serviços de Gabinete, padrão VL-16, com exercício de oito horas. Em dezembro, ele tinha sido nomeado para atuar na liderança do Governo. Filho do ex-prefeito Alberto Bejani, ele dá seus primeiros passos na vida pública tendo como meta um mandato nas eleições de 2016. Segundo seu pai, ele pretende ser candidato a prefeito, provavelmente pelo PTB.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?