Publicidade

12 de Fevereiro de 2014 - 07:00

Compartilhar
 

CONTROLE DE CIMA

Dois artigos chamam a atenção na resolução definida ontem pela Executiva Nacional do PSDB, pois sinalizam a um controle absoluto sobre a ação dos diretórios municipais e estaduais. Os tucanos demonstram que não vão tolerar alianças que não estejam de acordo com o projeto nacional liderado pelo pré-candidato Aécio Neves. O recado serve, especialmente, para São Paulo, onde o governador Geraldo Alckmin anda flertando com os socialistas de Eduardo Campos, para ter seu apoio no projeto pessoal de reeleição. "A composição de chapas às eleições majoritárias e proporcionais nos estados, seja com candidaturas exclusivas de filiados ou em celebração de coligações, fica submetida à aprovação da Comissão Executiva Nacional, sendo que o seu anúncio e formalização dependem desta", diz o Artigo 2º. A comissão nacional, no artigo seguinte, ganha a competência para interver, a qualquer tempo, na escola dos candidatos ou na celebração de coligações. Os estados têm que definir seus acertos até o dia 30 de março.


Tombamento

Enquanto os interessados em construir um shopping center na atual sede do Sport, o que inclui todo o complexo esportivo, foi publicado ontem no Atos do Governo aviso do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural sobre a tramitação de proposta de tombamento da "piscina suspensa" do Sport Clube Juiz de Fora. Com isso, em vez do destombamento da arquibancada, o Conselho abre mais uma frente para o impasse envolvendo o projeto. O conselho também avaliará o tombamento do Edifício Gattás Bara (na Praça da Estação), sede do Hotel Centenário.


Telefonia

Depois de um adiamento, a Comissão Parlamentar de Inquérito da Telefonia, implantada na Assembleia Legislativa, se reúne hoje para discutir e votar o relatório final. Os parlamentares vão avaliar as propostas e sugestões apresentadas pelo relator. A meta é fazer a leitura do documento final, dia 19, na própria Assembleia, na presença de representantes das empresas de telefonia. No entendimento dos deputados, no mesmo evento deve ser assinado, pelas operadoras, um termo de compromisso para solução dos problemas levantados pela comissão.


Metalúrgicos

A Câmara já definiu mais uma audiência pública ainda para este mês. No dia 19, a pedido do vereador Antônio Aguiar (PMDB), será tratado o processo de demissão de trabalhadores da Mercedes-Benz e das indústrias metalúrgicas, nos últimos três meses, em Juiz de Fora. No caso da montadora, a discussão já chegou a Brasília. Liderados pela deputada Margarida Salomão (PT), um grupo de sindicalistas tinha agenda, ontem, com o presidente da Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial, Mauro Borges, para tratar da questão.


Saneamento

A Prefeitura realiza amanhã, na Escola de Governo, audiência pública para tratar do Plano de Saneamento Básico, com a participação livre da comunidade. A despeito disso, o coordenador do grupo de trabalho executivo, Heber de Souza Lima, esclarece que a população foi ouvida durante todo o desenvolvimento dos trabalhos e que a equipe responsável pelo projeto vai apresentar a consolidação das informações e dos dados levantados. O plano segue para o Conselho Municipal de Política Urbana. Depois, para o prefeito.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprova o retorno de Dunga para o comando da Seleção Brasileira?