Publicidade

14 de Março de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

COMISSÃO DE ÉTICA

O vereador Wanderson Castelar (PT) vai ser ouvido pela Comissão de Ética da Câmara Municipal para contar sua versão dos fatos ocorridos na madrugada da última terça-feira, quando foi detido pela Polícia Militar (PM) por desacato e resistência à prisão. A comissão, formada pelos vereadores Rodrigo Mattos (PSDB), José Marcio (PV) e Cido Reis (PPS), também vai acompanhar a apuração dos fatos no processo administrativo aberto pela PM. A detenção do vereador ocorreu na madrugada da última terça-feira, quando o parlamentar teria desacatado os militares ao ser abordado após deixar seu carro parado na Avenida Rio Branco. O vereador nega e alega ter sido vítima de agressão e abuso de poder. O presidente da Casa, Julio Gasparette (PMDB), diz que a posição oficial da Mesa Diretora é de aguardar a apuração isenta dos fatos, para que seja reestabelecida a melhor relação entre o Legislativo e o órgão de segurança.


Entendimento

O PSD mineiro, comandado nacionalmente pelo ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, contrariou orientação da direção e oficializou ontem apoio à candidatura do tucano Pimenta da Veiga ao Governo do estado. A movimentação não chega a surpreender, uma vez que os entendimentos não são recentes. Quando Antônio Jorge Marques antecipou sua saída da Secretaria de Saúde, deixando a vaga para o deputado Alexandre da Silveira (PSD), ficou claro que era apenas uma passagem, já que este, também por conta da reeleição, terá que sair, mas colocou a legenda no primeiro escalão.


Pela história

Na carta encaminhada à direção do PMDB, indicando a preferência do diretório local pela candidatura própria, o presidente, Paulo Gutierrez , enfatizou que "não pode o PMDB, pela sua grandiosidade, continuar atrelado a candidaturas sem compromisso com a História. Necessário se faz reencontrar-se com as bases, retornar ao rumo traçado de compromisso com a justiça social". Mais adiante, advertiu: "ou lançamos candidatos próprios ao Governo estadual e retomamos o compromisso histórico, ou o PMDB perderá de suas fileiras nomes que ainda o credenciam como uma alternativa de poder, transformando-se em um partido sem identidade e sem futuro".


Capacitação

Por conta das manifestações de 2013, nas quais um dos alvos era a ineficiência do serviço público, diversas associações municipalistas decidiram investir na capacitação dos seus quadros, para melhorar a qualidade da relação com o público. A Associação dos Municípios Mineiros programou para os dias 26 e 27 deste mês, em Belo Horizonte, o IV Congresso de Vereadores com o tema "Todos juntos por um diálogo municipalista". A meta é capacitar os legisladores, demonstrando sua importância para a gestão municipal e seu papel no contexto administrativo.


Advertência

Os filiados da Associação Comercial de Juiz de Fora estão sendo alertados pela entidade para tomarem cuidado com o chamado "golpe do boleto bancário", que continuaria sendo aplicado no país. São boletos em nome da Associação Comercial Empresarial do Brasil enviados "de forma abusiva", cobrando taxas que variam de valor. Segundo a associação, é preciso ter atenção, advertindo que o pagamento só deve ocorrer depois de consulta direta à associação citada na cobrança.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprovou a seleção convocada por Dunga?