Publicidade

19 de Março de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

DEFESA DA IGUALDADE

Durante café da manhã, ontem, promovido por seus amigos de militância no tempo em que era filiada ao PCdoB, Basileu Tavares e Cristina Castro, a ministra do Tribunal Superior do Trabalho, Delaide Miranda Arantes, reafirmou o que havia dito em conferência na OAB, na véspera. Ainda há diferenças expressivas nos salários pagos a homens e mulheres, a despeito de ocuparem as mesmas funções. Tendo sido doméstica para custear seus estudos, a ministra indicou, no entanto, que há avanços, mas ressaltou que as mulheres podem ir bem mais adiante. Casada com o ex-deputado e ex-presidente da UNE Aldo Arantes, uma das principais lideranças do PCdoB, a ministra fez uma defesa apaixonada da política, advertindo que é a via fundamental para o aperfeiçoamento das instituições democráticas. Criticou a "grande mídia", que estaria atuando no desmonte destas instituições, e avisou que não é possível aceitar esse tipo de atitude.


Mudanças

Presente ao encontro, o prefeito Bruno Siqueira destacou a importância da visita e a oportunidade de se abrir mais um canal nas instâncias de poder para acolher as demandas de Juiz de Fora. Já o presidente da Câmara, Julio Gasparette, no mesmo evento, fez valer o seu lado empresarial, pedindo apoio do TST para fazer mudanças na CLT, que, segundo ele, está velha e tem mais direitos do que deveres. A ministra reagiu, admitindo que é preciso aperfeiçoar a consolidação do trabalho, mas rejeitou a questão dos direitos, pois, até por convicção, não se pode suprimi-los.


Biel no poder

Deu na coluna de Ilimar Franco, em "O Globo", sobre as mudanças no primeiro escalão da presidente Dilma Rousseff: "O secretário Gabriel Rocha é o nome mais forte para substituir a ministra Maria do Rosário (Direitos Humanos). Ele tem a simpatia da tendência da ministra, o Movimento PT, do ex-ministro Fernando Pimentel e do PT mineiro". Biel tem sido um dos colaboradores mais próximos da ministra, que deixa o cargo para disputar as eleições para a Câmara Federal. Na maioria dos eventos, é ele quem está sentado ao seu lado.


Vai sair

Como o Painel antecipou, o governador Antonio Anastasia, durante entrevista coletiva, anunciou ontem que vai deixar o cargo no dia 4 de abril, passando a missão de comandar o estado para o seu vice, Alberto Pinto Coelho, cuja posse será no mesmo dia. "Eu fico muito feliz de ter completado o meu período de governo com muita satisfação, com cabeça erguida. Um governo ético, probo, eficiente, com bons resultados", destacou. Ele sai para assumir a coordenação do programa de governo do candidato Aécio Neves.


Inscrições

O PSDB abriu inscrições para pré-candidatos a deputado estadual e federal, mas avisou que o prazo se esgota no dia 15 de abril. Pelas redes sociais, o presidente do diretório, deputado Marcus Pestana, anunciou a criação de uma comissão especial para cuidar da chapa estadual. De Juiz de Fora, a dúvida é o ex-prefeito Custódio Mattos, que tem feito reuniões frequentes com o seu grupo político. Secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Belo Horizonte, Custódio avalia as possibilidades e o cenário que irá encontrar.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?