Publicidade

20 de Março de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

DIA DE DECISÕES

Na sua volta oficial ao comando do PMDB, nesta quinta-feira, o ex-ministro Toninho Andrade deve apresentar a solução para o impasse que se estabeleceu dentro do partido, com articulação sistemática do grupo que defende a candidatura própria, agora sob tentação de ofertas irrecusáveis do PSDB. Na última terça-feira, ele almoçou com o candidato a governador pelo PT, Fernando Pimentel, com quem definiu uma linha de trabalho que contemple uma saída em que não haja derrotados. Resta saber qual será a reação da corrente liderada pelo senador Clésio Andrade. Na entrevista coletiva em que anunciou sua saída do Governo no dia 4 de abril, o governador Antonio Anastasia deixou claro que abriria mão da candidatura a senador se o PMDB topasse ocupar a vaga. Seria a senha para Clésio, pois, embora não admita, a razão principal para desistir da reeleição foi a entrada de Anastasia no páreo. Com popularidade em alta e com apenas uma vaga, é o favorito em todas as pesquisas para ser eleito.


Nova agenda

O governador, que deixa o cargo no dia 4 do mês que vem, ampliou a sua agenda de inaugurações, participando de pelo menos três eventos diários. Seu vice, Alberto Pinto Coelho, que vai substituí-lo, também já executa funções de Estado. Ontem, embora Anastasia já estivesse em Minas, foi ele quem recebeu uma delegação do Uruguai. A propósito, Pinto Coelho deve vir a Juiz de Fora no próximo fim de semana, para um compromisso particular. Ainda na condição de vice, não irá demandar esquema especial de viagem.


Fora do plenário

Sem citar nomes, o vereador Noraldino Júnior (PSC) lamentou ontem ter sido criticado em plenário por um colega, que teria dito que o "intenso trabalho de fiscalização que tenho feito na área de saúde é exagerado". Segundo Noraldino, suas visitas a tais locais, especialmente ao HPS, são resultado de pedidos da população, "sendo necessário dar uma resposta pública através do Facebook. A fiscalização é uma função muito importante no trabalho de qualquer vereador". Ainda na nota, disse que não tem a intenção de prejudicar o prefeito ou o secretário de Saúde, somente alertá-los de problemas.


Tarifa de táxi

Durante audiência pública ontem, para discussão do cálculo tarifário do sistema de táxi de Juiz de Fora - a pedido da própria Secretaria de Transportes -, o secretário Rodrigo Tortoriello apresentou diversas ações para melhoria da qualidade do serviço e informou que a metodologia usada é a mesma adotada em 2012. Alguns vereadores aproveitaram para questionar a eficiência dos táxis adaptados. De acordo com José Márcio (PV), presidente da Comissão de Transportes, na maioria das vezes, não há atendimento aos deficientes. Luiz Otávio (Pardal) também mostrou demandas na renovação dos alvarás.


Defensores

A Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia votou pela legalidade de mensagem do governador Antonio Anastasia, que reajusta os subsídios dos membros da Defensoria Pública estadual. A proposição estabelece que o reajuste será implementado em duas etapas, sendo a primeira a partir de 1º de julho deste ano, e a segunda a partir de 1º de junho de 2015. Nesta primeira etapa, para o cargo de defensor público de classe inicial, o salário será de R$ 16.022,94. O defensor público-geral terá salário de R$ 22.146,50.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que campanha corpo-a-corpo ainda dá voto?