Publicidade

26 de Março de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

MOÇÃO DE REPÚDIO

A sessão ordinária de ontem, na Câmara Municipal, foi marcada por discussão acalorada dos vereadores em torno da compra pela Petrobras da refinaria de petróleo em Pasadena, nos Estados Unidos, um tema sobre o qual a Casa não tem poder de deliberação. O que provocou o debate foi a apresentação de uma moção de repúdio à presidente Dilma Rousseff (PT) por parte do vereador Cido (PPS), em virtude da compra. O petista Roberto Cupolillo (Betão) comprou a discussão, e o embate durou quase uma hora, envolvendo outros vereadores. Graças ao crescente acirramento dos ânimos da bancada petista e do proponente da moção, o presidente da Casa, Julio Gasparette (PMDB), apressou o encaminhamento de votação, que se deu por voto nominal. A moção foi aprovada com votos contrários de Betão, Wanderson Castelar (PT) e Vagner de Oliveira (PR).


Pelo idoso

A Comissão de Defesa dos Direitos dos Idosos definiu ontem o calendário de ações para este ano. No dia 10 de abril, será lançado o catálogo de leis. Trata-se de um guia prático sobre as leis do município que garantem direitos aos idosos. Em reunião ontem, os vereadores Isauro Calais (PMN), Ana Rossignoli (PDT), Rodrigo Mattos (PSDB) e Wagner de Oliveira (PR), membros da comissão, discutiram também outras atividades envolvendo representantes da Amac, UFJF, Prefeitura e do Conselho Municipal do idoso. As blitze do idoso, embora ainda não haja data, devem ser mantidas, assim como o Fórum Nacional Permanente.


Fraternidade

O arcebispo metropolitano dom Gil Antônio Moreira vai difundir a Campanha da Fraternidade na região. Fará visitas às câmaras municipais dos municípios pertencentes à arquidiocese, como Santos Dumont, Santa Bárbara do Monte Verde e São João Nepomuceno. O tema deste ano é "Fraternidade e tráfico humano". Para dom Gil, a campanha não quer falar apenas para pessoas que frequentam a igreja, e sim com toda a sociedade. Ele ressalta, ainda, que o intuito das visitas é levar a reflexão aos legisladores e governantes. "É uma oportunidade de a Igreja dialogar com a sociedade."


Na agenda

A violência em Juiz de Fora entrou na agenda do deputado Júlio Delgado. Pelas redes sociais, ele postou comentários manifestando sua preocupação com o número de crimes contra a vida em Juiz de Fora, que já passou dos 40 somente este ano. "Isso é alarmante para a cidade, preocupante demais", acentuou. Ele lembrou números da Organização Mundial de Saúde que estabelecem dez mortes para grupos de cem mil, já considerados epidemia. Pelas suas contas, a cidade já contabiliza uma média de 23 mortes para cada grupo de cem mil. Ele prega engajamento coletivo na luta contra a violência.


Homenagem

Em solenidade prevista para amanhã, às 19h30, a Câmara irá promover a entrega de Menção Honrosa a 19 mulheres pelo Dia Internacional da Mulher, comemorado no último dia 8. Serão homenageadas Adenilde Petrina, Adriana Peracci, Antonieta Maria de Oliveira, Betania Braga, Elaine Teixeira Carneiro, Gilcele Martins, Irmã Olquimei Farneze, Maria Geny Barbosa, Maria Madalena Calheiro, Marise Baesso Tristão, Neiva Rocha, Regina Célia de Souza, Regina Machado da Silva, Renata Rodrigues Rainho, Rosa Maria Silva Furtado, Rosinere França Pinto, Sueli Reis de Souza, Tereza Cristina Esteves e Vânia De Landa.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?