Publicidade

04 de Abril de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

NO PRIMEIRO ESCALÃO

O ex-prefeito Custódio Mattos, que fez aniversário ontem, ganhou um presente e tanto. Foi convidado e aceitou fazer parte do primeiro escalão do governador Alberto Pinto Coelho, que toma posse hoje. Ele vai ocupar a Secretaria-Geral, órgão que terá gestão sobre as demais pastas, repetindo um modelo adotado por Aécio Neves quando nomeou o professor Antonio Anastasia para implantar o choque de gestão e coordenar os programas desenvolvidos pelo Governo. Enquanto a gestão política deve ficar com o secretário de Governo, Danilo de Castro - que acompanhou Alberto em toda a jornada -, Custódio deve tomar conta da área administrativa, função, aliás, que lhe agrada por estar ligada diretamente à sua formação técnica. O anúncio deve ser feito ainda hoje, logo após a cerimônia de passagem de cargo, marcada para meio-dia no Palácio da Liberdade. Antes, às 10h, o presidente da Assembleia, Dinis Pinheiro, dará posse ao novo governador.


Continuidade?

Como pelo menos cinco secretários pretendem disputar as eleições de outubro, e o prazo de desincompatibilização vence hoje, Alberto Pinto Coelho fará novas nomeações. Embora filiado ao Partido Progressista, ele tem forte ligação com o senador Aécio Neves e com o governador Antonio Anastasia, o que garante a formação de um primeiro escalão afinado, com a missão de dar continuidade às ações desenvolvidas pelo gestor que passa o cargo. Em visita recente a Juiz de Fora, Alberto Pinto confirmou que não haverá mudança de rumo, sobretudo por ter participado ativamente da administração de Anastasia.


Nem tanto

Mas se forem confirmadas as especulações, a convivência com o grupo de Antonio Anastasia não será simplesmente de continuidade. O que se dizia ontem em gabinetes privilegiados é que haverá mudanças em postos-chaves. Uma delas implicaria a queda da poderosa secretária de Desenvolvimento, Dorothea Werneck. Ex-ministra de estado, é figura central nas ações do Governo. Em todas as viagens internacionais do governador, era ela quem se sentava ao seu lado. Além disso, por conta do cargo, é também presidente do Conselho de Administração da Cemig. O sucessor pode vir de outro estado.


Não sai

O prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, deve aproveitar a posse do governador Alberto Pinto Coelho para anunciar que vai continuar à frente da gestão municipal, desmontando a especulação de que seria candidato pelo PSB à sucessão de Antonio Anastasia. A decisão foi consolidada ontem, após encontro com o senador Aécio Neves, seu fiador político nas duas eleições que venceu. Aécio tem acordo com o socialista Eduardo Campos de receber o apoio do PSB em Minas e apoiar o candidato socialista em Pernambuco.


Transparência

Por iniciativa do vereador Wanderson Castelar, autor da lei que criou o Portal da Transparência e da Resolução nº 1.280, a Câmara Municipal promoverá na segunda-feira, às 19h, no plenário, a primeira apresentação pública de um relatório de consultoria técnica. O consultor e jornalista Jorge Sanglard fará um balanço das atividades entre 1º de julho e 31 de dezembro de 2013, junto ao mandato de Castelar, incluindo o relatório que mapeia o crescimento da violência em Juiz de Fora e a criação da Frente Parlamentar pela Reabertura do Museu Mariano Procópio.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que campanha corpo-a-corpo ainda dá voto?