Publicidade

09 de Abril de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

COMO CONVIDADO

Desta vez, formalmente convidado pelo diretório municipal do PMDB, o vereador Isauro Calais (PMN) participou da reunião mensal, na última segunda-feira, ocasião em que se colocou à disposição do partido. Ele observou que espera o respaldo, uma vez que a legenda não apresentou nenhum nome formal para disputar uma vaga na Assembleia. Respeitando a máxima de que candidato que não pede votos não se elege, ele pediu apoio da legenda. O vereador tem sido respaldado em sua pretensão também por dois peemedebistas ilustres: o prefeito Bruno Siqueira e o presidente da Câmara, Julio Gasparette. Calais chegou a ser o primeiro suplente do PMN, ficando fora da lista dos eleitos por pequena margem de votos em 2010. Durante a apuração, seu nome, pelo menos em duas vezes, apareceu na relação dos eleitos. Desta vez, ele começou cedo sua jornada e é visto como um dos favoritos, mas, pessoalmente, tem evitado essa condição, preferindo trabalhar como se tudo estivesse começando agora.


Lançamento

Filiado ao PROS, Charles Evangelista, filho do vereador Chico Evangelista, lança sua pré-candidatura a deputado estadual em dobradinha com o empresário do ramo de turismo, em Mariana, Walter Rodrigues, filiado ao PSL. O evento, programado para amanhã, no Bairro Manoel Honório, vai tratar exclusivamente dessa questão, quando, além de ser apresentado à militância, Evangelista deve indicar as suas primeiras propostas de trabalho, valendo o mesmo para Walter Rodrigues, que se articula para ganhar espaço no colégio eleitoral de Juiz de Fora.


Tema único

O ex-prefeito Tarcísio Delgado, embora tenha evitado se meter na questão partidária, como ele mesmo fez questão de ressaltar, questionou a postura dos partidos de oposição de apoiar a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar as denúncias de ilícitos na Petrobras e rejeitar a ampliação das investigações para o caso do metrô de São Paulo. Ontem, o senador Aécio Neves e senadores da oposição foram ao Supremo Tribunal Federal para defender a implantação de uma comissão exclusiva para a Petrobras, indicando que o Governo, com outro pedido, tenta apenas atrapalhar as investigações.


Revisão

A Ordem dos Advogados do Brasil vai apresentar hoje ao STF um pedido para atuar como "Amicus curiae" - amigo da Corte, que pede para entrar num processo - na Ação Direta de Inconstitucionalidade proposta pelo partido Solidariedade para cobrar a revisão das perdas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. O Solidariedade, agora com respaldo da OAB, argumenta que a taxa utilizada pela Caixa Econômica Federal para atualizar o fundo, a conhecida TR, ficou abaixo da inflação desde 1999 e pede que os valores recebidos pelos trabalhadores sejam revistos, utilizando a inflação do período.


Na Copa

A Assembleia Legislativa faz audiência pública hoje para tratar de uma questão crítica. Os parlamentares, por iniciativa do deputado Vanderlei Miranda (PMDB), querem saber o que o estado está preparando para combater o uso de drogas ilícitas durante a Copa do Mundo, quando haverá concentrações nas grandes cidades, sobretudo onde haverá jogos, com a presença de estrangeiros e visitantes de outros estados. Um dos pontos será o controle das divisas com outros estados (como em Juiz de Fora) e a produção de material informativo para ser distribuído aos visitantes.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você escolhe seu candidato através de: