Publicidade

26 de Abril de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

SUCESSÃO NA UFJF

Com a eleição de reitor marcada para o mês de junho e o início da campanha programado para a partir de 1º de maio, o grupo do reitor Henrique Duque, reunido ontem à tarde, definiu a sua chapa. O candidato a reitor será o professor Júlio Chebli, atual diretor da Faculdade de Medicina. O candidato a vice-reitor é o diretor da Faculdade de Direito, Marcus Vinício Chein. O reitor, que foi cobiçado pela maioria das legendas políticas para ser candidato a deputado, não pode concorrer à reeleição, pois desempenha já o seu segundo mandato consecutivo. O discurso a ser levado à comunidade do campus - acadêmica, alunos e servidores - é de continuação dos projetos que marcaram a atual gestão e novos projetos. Ainda não houve oficialização de outros postulantes, mas é praticamente certo que o professor Marcos David, diretor da Faculdade de Administração, seja o nome escolhido pela oposição identificada com a ex-reitora Margarida Salomão.


Ciclovia

Em reunião com a presidência do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG), o prefeito Bruno Siqueira terá na agenda uma demanda importante, sobretudo para os ciclistas. Ele vai solicitar a liberação de R$ 10 milhões para emprego na pavimentação da Avenida Brasil e na construção de uma ciclovia. O governador Alberto Pinto Coelho, em telefonema no início da semana, disse que já tinha autorizado a liberação do dinheiro, faltando apenas a parte formal para conclusão do processo com o banco.


Contorno

Esticando a Brasília, o prefeito vai aproveitar audiência com o ministro das Cidades, Gilberto Occhi - quando vai buscar recursos para projetos de drenagem na cidade -, para tratar também da construção do contorno da Universidade Federal de Juiz de Fora, que deverá ser feito pela Prefeitura. O projeto está contando com a parceria do reitor da UFJF, Henrique Duque, pois trata-se de uma demanda de interesse coletivo. O campus, hoje, é a principal via de ligação entre a Zona Sul e a Cidade Alta, causando transtornos, sobretudo para os estudantes.


Na suplência

A primeira-dama de Belo Horizonte, Regina Lacerda, é o nome mais cotado para ser a segunda suplente na chapa ao Senado encabeçada pelo ex-governador Antonio Anastasia (PSDB). Sua indicação consolida também o apoio do prefeito Marcio Lacerda e do próprio PSB. A primeira suplência deve ser dada ao deputado Alexandre da Silveira (PSD), que, por dois meses, ocupou a Secretaria da Saúde, na vaga de Antônio Jorge Marques. Ele também teve que deixar o cargo no prazo de desincompatibilização, para evitar impedimentos de ser candidato.


Mais um

Os comerciantes ainda não contabilizaram perdas, mas estão preocupados com um novo feriado na semana. Na próxima quinta-feira, dia 1º de maio, celebra-se o Dia Internacional do Trabalho, sendo, pois, feriado em todo o país e em algumas partes do mundo. Nada de mais, pois ocorre todos os anos. O problema é que está se saindo de um feriadão, que juntou Semana Santa e Tiradentes, quando tudo ficou parado por quase uma semana, e como o próximo feriado cai na quinta-feira, a tendência é de "enforcamento" da sexta-feira, jogando o movimento ladeira abaixo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está evitando contrair dívidas maiores em função da situação econômica do país?