Publicidade

01 de Maio de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

SUCESSÃO DE DUQUE

Embora as duas gestões do reitor Henrique Duque sejam marcadas por grandes obras, a administração dos recursos e a sua aplicação serão tema central da campanha para reitor que começa este mês. Um dos candidatos de oposição, Marcus David, da Faculdade de Administração, considera que existem pontos a serem esclarecidos, sobretudo em torno das prioridades. Outro tema a ser levado para a discussão da comunidade acadêmica, envolvendo professores, funcionários e alunos, é o elenco de obras que ainda depende de ordem de serviço para a sua execução. Em visita à Tribuna, ele não só traçou suas metas como também adiantou a preocupação em ajustar a dinâmica da universidade. Marcus David ressaltou o que já foi feito, mas lembrou que as demais instâncias praticamente não participaram das decisões. A chapa da atual gestão será representada pelo professor Júlio Chebli, da Faculdade de Direito. Ontem, no último dia de inscrição, o engenheiro elétrico Paulo Vilela também apresentou sua candidatura.


Caravana

A deputada Margarida Salomão (PT) e o deputado Toninho Andrade, presidente do diretório estadual do PMDB, encontraram-se em Brasília, quando mantiveram uma longa conversa sobre as caravanas de divulgação da candidatura de Fernando Pimentel ao Governo de Minas. Juiz de Fora está entre as prováveis a receber a primeira com a participação dos deputados dos dois partidos, depois de os peemedebistas baterem o martelo no início da semana, confirmando o apoio. Do encontro também participaram outras lideranças do PMDB, que já garantiram sua visita à cidade.


Em Sampa

A deputada, em vez de retornar a Juiz de Fora, viajou para São Paulo, onde teria reunião com o comando nacional - o que a impediu de votar no Conselho de Ética, como suplente, no caso André Vargas - para tratar das estratégias da campanha do partido em todo o território nacional. Margarida está otimista e acredita que a participação do ex-presidente Lula é estratégica para a campanha. O PT fará fortes investimentos em Minas, pois considera o estado uma referência, não só por ser o segundo maior colégio eleitoral do país, ficando atrás apenas de São Paulo, mas também por ser o estado natal da presidente Dilma Rousseff.


Bombeamento

O prefeito Bruno Siqueira inaugura amanhã, às 10h, a nova estação de bombeamento, conhecida como booster, da terceira adutora, construída pela Cesama na Avenida Brasil, ao lado do Parque de Exposições. De acordo com a companhia, a unidade vai aumentar a oferta de água distribuída em Juiz de Fora, reforçando o abastecimento, principalmente nos períodos de maior consumo. A meta é também viabilizar sua futura ligação com a Cidade Alta. O booster funciona de acordo com a demanda, aumentando a velocidade da água nas tubulações e, consequentemente, a oferta do produto, podendo chegar a uma vazão de mil litros por segundo.


Sem feriadão

Diferentemente da semana passada, quando os órgãos públicos municipais, estaduais e federais emendaram o feriadão de Semana Santa, amanhã haverá expediente normal na cidade, tanto na administração direta quanto na indireta municipal. As escolas deverão definir as aulas de acordo com o seu calendário. Os serviços públicos estadual e federal também estarão funcionando, mas o Judiciário estadual só volta às atividades na segunda-feira. Os bancos e o comércio também terão expediente. Com isso, as perdas nas vendas serão minimizadas, pois feriados longos costumam causar forte evasão de consumidores.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?