Publicidade

04 de Maio de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

DEBATES NA UFJF

Formada por representantes de professores, servidores e alunos, a comissão eleitoral que organiza o pleito para a escolha do sucessor de Henrique Duque à frente da Reitoria da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) já definiu as datas para a realização de cinco debates entre as chapas inscritas na disputa. As discussões serão intensificadas no primeiro turno, com a realização de quatro encontros. O primeiro acontece no próximo dia 13, e o último está previsto para 5 de junho, a quatro dias da votação, marcada para os dias 9 e 10 do mês que vem. Caso haja necessidade de segundo turno, um quinto debate foi programado para 18 de junho, seis dias antes de os eleitores retornarem às urnas. Três nomes concorrem no processo eleitoral que irá definir o novo reitor: Júlio Maria Fonseca Chebli, Marcos Vinícius David e Paulo Roberto de Castro Villela.

Nova data

O vereador Wanderson Castelar (PT) segue sendo um dos articuladores de uma possível visita do pré-candidato ao Governo de Minas pelo PT, Fernando Pimentel, à cidade. Ao contrário das previsões iniciais, de que o ex-ministro poderia estar em Juiz de Fora no próximo dia 30, a expectativa é de que o compromisso seja antecipado e aconteça no dia 16. Caso o objetivo dos petistas se confirme, Pimentel deve participar de uma sessão solene na Câmara, onde receberá o título de cidadão honorário do município. A honraria é fruto de legislação de janeiro de 2007, oriunda de projeto de lei do então vereador Romilton Faria (DEM).

Pesquisa

O instituto Sensus divulgou ontem mais uma pesquisa sobre a intenção de votos dos eleitores para a eleição presidencial de outubro. De acordo com o levantamento, caso o pleito fosse no atual cenário eleitoral, um segundo turno seria inevitável. Os números do instituto mantêm a presidente Dilma Rousseff, pré-candidata do PT, na dianteira, com 35% das intenções de voto. Em seguida, aparecem o senador Aécio Neves (PSDB), com 23,7%, e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, com 11%. A margem de erro da pesquisa é de 2,2 pontos percentuais.

Pesquisa II

Apesar de recém-publicada, a pesquisa é alvo de ponderações, devido à metodologia adotada para a realização do levantamento. Para revelar sua intenção de voto, os entrevistados receberam uma lista em ordem alfabética, com o nome de Aécio no topo da relação. Para este tipo de amostragem, é práxis a utilização de um disco com os nomes dos postulantes dispostos de forma circular. O entendimento é de que este último modelo evita distorções e possíveis induções pelo posicionamento de cada candidato na ficha entregue aos eleitores consultados.

'Irreversível'

Um dia após o PT oficializar a presidente Dilma Rousseff pré-candidata à reeleição, o presidente nacional do partido, Rui Falcão, garantiu que a opção da legenda é irreversível. A declaração feita ontem pode ser vista como mais um esforço de Falcão para silenciar algumas alas descontentes, que insistem na teoria do "Volta, Lula". A confirmação do nome da presidente como cabeça de chapa petista foi anunciada na última sexta-feira, durante o 14º Encontro Nacional do Partido dos Trabalhadores, em São Paulo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?