Publicidade

08 de Junho de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

MÚLTIPLA AGENDA

Na sua passagem por Juiz de Fora, ontem, o governador Alberto Pinto Coelho, sempre acompanhado do secretário de Governo, Danilo de Castro, cumpriu suas três agendas. A primeira foi institucional, quando recebeu o título de cidadão honorário de Juiz de Fora e anunciou uma série de investimentos no município e na região. A segunda foi política, ao participar de encontro do PPS. A última foi na feijoada do colunista Cesar Romero. Já sem gravata e despojado do paletó, o governador, depois de ser recepcionado pelo anfitrião, percorreu o amplo salão do La Rocca, conversou com o público e sentou-se numa mesa reservada na primeira fila. No entanto, almoçou num espaço reservado, uma vez que a todo momento levantava-se para cumprimentar quem se aproximava. Só se retirou por volta de 16h30.


Candidatos

O candidato tucano ao Governo de Minas, Pimenta da Veiga, fora da comitiva oficial, chegou ao La Rocca acompanhado do secretário de Governo, Custódio Mattos, incorporando-se ao grupo. Ele já havia participado também do evento do PPS de Antônio Jorge Marques. Mais reservado, Pimenta falou pouco com os jornalistas, mas mostrou-se otimista com o processo eleitoral. Quem também participou da festa foi o pré-candidato do PSB Júlio Delgado, que ontem mesmo viajou para Araxá, onde seria homenageado no Conexão Empresarial do jornalista Paulo Cesar Oliveira.


Escritura

O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, Joaquim Herculano, garantiu que já tem o dinheiro reservado, cerca de R$ 46 milhões, para a construção da nova sede do Fórum de Juiz de Fora, dependendo apenas do terreno. Alertado sobre o fato, o diretor do Fórum, juiz Edir Guerson, antecipou que ainda esta semana irá registrar o terreno em nome do estado. A doação já foi autorizada pela Câmara, e o primeiro registro já foi feito, mas a posse definitiva só depende do documento consolidando a transferência para o estado.


Disputa

O ambientalista e pré-candidato ao Governo de Minas pelo PSB, Apolo Heringer, disse, na última sexta-feira, em encontro com a imprensa em Juiz de Fora, que conta com o apoio de seus correligionários para ser o nome do partido na corrida ao Palácio Tiradentes em 2014. Heringer disputa internamente com o deputado federal juiz-forano Júlio Delgado. Ao falar com a Tribuna, o ambientalista foi tácito ao refutar a escolha da legenda por nomes que sinalizaram apoio à pré-candidatura tucana ao estado. A possibilidade de aliança ao PSDB chegou a ser manifestada por Júlio no início do ano.


Delegados

A visita de Apolo Heringer a Juiz de Fora para articular sua candidatura ao Governo não alterou a rotina do deputado Júlio Delgado, presidente da legenda em Minas. Segundo o deputado, a maioria dos delegados fecha com seu projeto. Na cidade, ele manteve uma série de encontros ontem pela manhã. O partido definiu sua convenção para o dia 21, tempo suficiente para superar todas as pendências, sobretudo de Minas. Delgado está otimista. Em recente evento, ele gravou o programa do partido, tendo ao lado o candidato Eduardo Campos e sua vice, Marina Silva.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?