Publicidade

12 de Junho de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

REITORIA

Com os novos reitor e vice-reitor - o diretor da Faculdade de Medicina, Júlio Chebli, e o professor da Faculdade de Direito Marcos Vinício Chein Feres -, escolhidos pela comunidade universitária da UFJF, a atual e a futura gestão conversam agora sobre os quadros que vão compor o corpo administrativo da instituição. Embora a nova cúpula seja apoiada pelo grupo do reitor Henrique Duque, prometendo mandato de continuidade, as pró-reitorias e secretarias estratégicas da UFJF devem sofrer muitas alterações em seus quadros. Dos professores que ocupam os principais cargos da Administração Superior, muitos estão lá há oito anos e desejam voltar à docência e à pesquisa. Dois pró-reitores que chegaram a ser cotados para a sucessão de Duque, os titulares da pasta de Graduação, Eduardo Magrone, e Planejamento e Gestão, Alexandre Zanini, já manifestavam, antes da eleição, a vontade de regressar aos seus departamentos. Chebli ainda não se pronunciou sobre os nomes que farão parte de sua gestão.


Máscaras

Está pronto para ser votado no plenário da Assembleia Legislativa o projeto de lei que restringe o uso de máscara ou qualquer outro objeto que oculte a face de manifestantes em eventos que envolvem multidões. Pelo projeto do deputado Sargento Rodrigues (PDT), a pessoa que for flagrada com máscara terá que se identificar, se solicitada, junto a policial ou servidor público no exercício de poder de polícia. Quem descumprir a lei será encaminhado para identificação criminal, podendo ser multado em até R$ 26 mil. Em Juiz de Fora, proposta semelhante foi aprovada pela Câmara, mas foi vetada pelo Executivo, por prever restrições a repartições públicas estaduais e federais.


Copa

Em ritmo de Copa do Mundo, a Câmara Municipal, que já havia antecipado as sessões deste mês para a primeira quinzena, adiantou para as 10h30 a reunião de hoje. Neste dia, o expediente legislativo encerra-se ao meio-dia, por conta da estreia do Brasil no Mundial. A mesma rotina se repetirá nos dias 17 e 23, quando estão programados outros jogos da Seleção Brasileira. Com as mudanças, as reuniões no Palácio Barbosa Lima, que ocorrem até segunda-feira, só serão retomadas no próximo mês, a partir do dia 17 de julho.


Relator

O deputado federal Júlio Delgado (PSB), relator do processo de quebra de decoro do deputado André Vargas (PR), corre para apresentar os relatórios, apesar dos atrasos na apresentação da defesa por parte do parlamentar. A meta é entregar a instrução do processo o mais rápido possível, mesmo diante do estrangulamento do calendário da Câmara, com a chegada da Copa do Mundo e mais dois feriados pela frente. Os trabalhos na Casa só serão retomados em 1º de julho, quando o parlamentar pretende acelerar o processo.


PSC

O vereador Oliveira Tresse (PSC) deve assumir a liderança do partido na Câmara ainda neste mês, segundo seu companheiro de bancada e atual líder do PSC na Casa, Noraldino Jr. Ontem, durante a reunião no Palácio Barbosa Lima, o parlamentar disse que o pedido para a nomeação do colega será protocolado hoje. "A indicação de Oliveira Tresse se dá pela forma atuante que vem desenvolvendo na Câmara", informou Noraldino, ao destacar que sairá como pré-candidato a deputado estadual pelo partido. Além disso, o vereador ainda afirmou que a diretoria do PSC na cidade passará por mudanças.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?