JF. sexta-feira 23 jun 2017
OUÇA AGORA
Publicidade
9 de janeiro de 2017 - 12:23

Policial civil dispara e mata convidado de vizinho dentro de prédio

Por Sandra Zanella

*Atualizada às 17h39

Um homem de 32 anos morreu após ser alvejado no abdômen por um tiro disparado por um escrivão da Polícia Civil, 33, na noite deste domingo (8), no Bairro Marilândia, na Cidade Alta, em Juiz de Fora. O crime aconteceu em um dos corredores do prédio onde o policial mora, na Rua das Esmeraldas. Fernando Silva Gomes Neto, que é de Petrópolis,  estaria junto com a noiva participando de um churrasco na residência de um casal vizinho e, ao descer de sunga para buscar abacaxis no carro, se encontrou com o morador. Segundo a Polícia Civil, o escrivão relatou que, ao retornar da missa, junto com sua companheira e sua filha, se deparou nas dependências do edifício “com uma pessoa que aparentava estar embriagada, assim como apresentava-se bastante exaltada.”

Ainda conforme o relato do suspeito de atirar, “ao questionar-lhe a razão de sua permanência no prédio, buscando esclarecimentos quanto a seu nome e a que apartamento estava se dirigindo, este proferiu falas desconexas e xingamentos”. Em seguida, o morador teria se identificado como policial, com sua arma em punho, pedindo a identificação do visitante. “Neste instante, a pessoa até então desconhecida avançou contra sua pessoa, tendo a arma disparado acidentalmente, atingindo a vítima.” Ainda conforme a corporação, o próprio policial acionou o Samu para prestar socorro à vítima, que não resistiu, sendo o óbito constatado.

Logo após o disparo, a noiva da vítima chegou ao local, descendo as escadas da cobertura, assim como o casal de moradores. Eles relataram à polícia que aquela não havia sido a primeira vez em que Fernando frequentava o prédio e que nunca havia ocorrido qualquer atrito entre ele o policial.

O escrivão foi apresentado ao plantão da 1ª Delegacia Regional, em Santa Terezinha nesta segunda-feira (9). De acordo com informações da assessoria de comunicação da Polícia Civil foi realizada a audiência concedida a liberdade provisória pelo juiz. Assim, o policial responderá ao processo em liberdade. “As diligências prosseguem, visando à apuração completa dos fatos e suas circunstâncias”, informou a Polícia Civil em nota. A perícia realizou levantamentos, e a pistola ponto 40 usada no homicídio foi recolhida para ser submetida a exames periciais. O policial estava lotado na 3ª Delegacia, responsável pela investigação de crimes na Zona Norte.

A vítima será sepultada às 16h30 de hoje em Petrópolis. Nas redes sociais, amigos e parentes de Fernando estão revoltados e assustados com o crime. Eles cobram punição para o policial e descrevem Fernando como “alegre, tranquilo e  amável”.

Publicidade


35 comentários

  1. rodrigues disse:

    Despreparado para função!
    O tiro não foi acidental!
    Tudo se resolve numa boa conversa!
    Que a justiça seja feita!
    Que não seja mais um caso não resolvido,encoberto pela corrupção desse País!

  2. Marcos disse:

    país aonde existe a porcaria do corporativismo não acredito em nada…

  3. Snapp disse:

    Olha, eu acho que o certo seria puxar uma câmera próxima ao local do homicídio, para todos ter a certeza do acontecimento.E sim ser decidido judicialmente o fato ocorrido.Eu acho que é óbvio que um edifício localizado no bairro Marilandia é chique, tem pelo menos uma câmera em cada andar!!!

  4. Joao disse:

    Esse é o tipo de gente que tem na polícia, e daí pra pior. E agora, o que esperar da investigação dessa própria policia?Infelizmente nao vai dar em nada.

  5. LC disse:

    Absurdo terem concedido a liberdade para esse escrivão assassino e covarde!

  6. Leonardo disse:

    Quem acha que arma não dispara sozinha pesquise no youtube por acidentes com Taurus.

  7. nat disse:

    É muito absurdo.. Da lei divina ninguém escapa.. desse policial tá guardado. Conhecia a noiva e as pessoas do churrasco pq já trabalhei com eles.. Que Deus conforte seus corações. Triste demais.

  8. Luiz Vieira disse:

    Você observou, Zanella, que o policial com arma em punho, pediu a identificação do visitante? A vítima estava de sunga, qual documento ela poderia apresentar? No máximo diria: sou o Fernando, amigo do fulano do apartamento X – será que houve chance para isso? Outra coisa: o casal amigo da vítima disse que não era a primeira vez que Fernando frequentava o prédio…

  9. Renato disse:

    Que historinha pra boi dormir …. é está ??? Brasil é uma Piada de mal gosto!

    QUEBROU JÁ ERAAAAAAAA ISSO VAI ACABAR EM PIZZA!

  10. Marcos Mendes disse:

    Essa história não faz o menor sentido! O problema é que os colegas do policial que investigarão o caso, ou seja………

  11. Luiz Vieira disse:

    Parentes cobram punição para o policial e descrevem A VÍTIMA como “alegre, tranquilo e amável”.

  12. Joao disse:

    Incrivel como um DOENTE MENTAL destes passa uma prova psicológica e vira policia e anda armado por ai num domingo qualquer e vem matar à toa!! #JUSTIÇA #PENADEMORTE #PENADEMORTEPARAPSICOPATAS
    Aliás psicópata não tem jeito,não tem cura!

  13. joao disse:

    quem vai montar o o inquerito sao os propios colegas; aclasse e paternalista.

  14. bleck charme disse:

    mas um pra conta do capeta
    ta difecil viver em jf

  15. Léo Peixoto disse:

    Todo mundo quer respeito, mas ninguém quer respeitar.

  16. José de assis disse:

    FICÇÃO CIENTÍFICA, HISTÓRIA EM QUADRINHOS!!!!!!!!!!!!. TÁ NA CARA O QUE ACONTECEU!!!!!!!! VAMOS ACOMPANHAR O ANDAMENTO!!!!!!!!.

  17. Anderson disse:

    Quer dizer que o policial estava vindo dá igreja e armado… Muito despreparo… Que a justiça seja feita, apesar de não acreditar na punição desse despreparado… Fica com Deus irmão…

  18. Augusto disse:

    È engraçado se fosse um morador de periferia negro ou atè branco, já estaria preso e sofreria conndenação quase q sem direito a dar sua versão e defesa. Mas como individuo é “policial” a coisa já muda de figura neh!

  19. maria disse:

    Tá confuso esse texto, hein!

  20. R s a disse:

    POLICIAL ASSASSINO DESPREPARADO,O QUE UMA CARNIÇA DESSA FAZ NA POLÍCIA.

  21. Cinha disse:

    Esse escrivão não tem nome não?

  22. João Nabuco disse:

    Não se irritem a Policia Civil vai investigar!!!!

  23. Lei disse:

    Para mim foi homicídio doloso. Na situação contada, o policial agiu com intenção de matar o rapaz. Despreparo total dessa pessoa que infelizmente usa um distintivo. Sentimos para a família da vitima.

  24. Prima disse:

    Essa história muito mal contada sim..Mentira !..Ele é meu primo ..Pessoa do bem…Nunca faria mal a ninguém… Simplesmente ele desceu para ir no carro e se deparou com esse policial despreparado que tirou a vida dele sem motivo algum..Uma pessoa do bem? De familia.nunca que uma arma dispara sozinha sem ao menos ter apertado o gatilho e ter atirado..um cara novo que sua vida foi parada por um policial despreparada que nem sabe lidar com uma arma…Que Deus conforte nossos corações.

  25. Valdinei dos Santos disse:

    O que um jovem com um abacaxi e de sunga representa de perigo? Policial mau preparado, não deveria estar armado. Será que uma pessoa tem que ser contida com uma bala? O grande problema é que não acontecerá nada com esse inconsequente, e a familia e amigos do rapaz ficarão com a impressão de sempre, que nesse pais vale tudo. Vamos ver no que isso vai dar, só que a vida do rapaz não voltará, não importa o que aconteça

  26. Fernanda disse:

    Acidente? Me engana que eu gosto! Tomara que não fique impune esse assassinato. Meus sentimentos a família.

  27. kaine disse:

    Putz, agora quero saber se vão inc=vestigar ou colocar panos quentes, essa policia civil é um vergonha mesmo…

  28. angelica disse:

    Esse monstro tem que ser punido,somos amigos da família do rapaz,pessoas de bem assim como ele ,que nunca teve problemas relacionado a violência,Monstro sim ,inventa outra história ,essa não cola maldito.

  29. LUCIANO disse:

    Não vai ficar imoune mesmo. No que depender de nós da familia vamos lutar até o final. Pra piorar o policial *despreparado* militar estava na presença da esposa grávida e da filha de 9 anos. Ele esqueceu de mencionar isso?
    Pode aguardar que vamos lutar até o final nosso amigo e irmão Fernando era um moleke cheio de paz e luz e tinha acabado de se mudar pra JF.

  30. Lei disse:

    Pra mim isso foi um homicídio doloso devido a suposta discussão em si, ou então, o policial tenho se sentido incomodado com cara (pelo mesmo estar de sunga na frente de sua esposa, família). Então acredito que o policial atirou mesmo com intenção de matar. Esse cara deve pagar com vários anos de cadeia, ninguém tem o direito de matar ninguém.

  31. Nil disse:

    Fato! Que história mais estranha!

  32. cidadão disse:

    Arma nenhuma dispara acidentalmente. Dispara porquê alguém apertou o gatilho. Pra um policial, que deveria ser preparado para manuseá-la, esta história está mal contada.

  33. jr disse:

    despreparo total do policial, e não vai dar em nada, no maximo vão dizer que foi um acidente

  34. RAQUEL disse:

    QUERO SO VER SE FICARA IMPUNE!!!
    TIROU UMA VIDA POR NADA… POR NADA….
    QUE DEUS AMPARE A FAMILIA DO FALECIDO!

  35. Chris disse:

    Que história mal contada!!!!!

*

Restam 500 digitos

 

Top