Publicidade

17 de Junho de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

O presidente da Câmara Municipal, Julio Gasparette, devolveu ontem pouco mais de R$ 1 milhão para a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), referente às economias feitas pelo Legislativo no segundo semestre de 2013. A devolução ocorreu durante encontro no gabinete do prefeito Bruno Siqueira (PMDB), tendo o chefe do Executivo prometido a Julio que o dinheiro será investido na saúde do Município. Bruno assegurou ao presidente da Câmara o compromisso em destinar os recursos para o setor, principalmente em pequenas reformas e ações voltadas para os servidores. O prefeito também ressaltou que o montante é um acréscimo aos 30% que a PJF já se compromete a gastar com a saúde. Julio Gasparette, por sua vez, disse que os valores devolvidos ontem somam-se a todos os repasses do passado, totalizando quase R$ 4 milhões.

A Câmara autorizou ontem, em sessão ordinária, a concessão de auxílios de moradia, alimentação e transporte para os médicos participantes do programa "Mais médicos", do Governo Federal, que atuam em Juiz de Fora. Nos moldes como o programa é implantado, a União custeia a vinda e os salários dos profissionais, ficando a cargo dos municípios prover as condições básicas para que eles se mantenham no lugar. A "Bolsa moradia" terá valor de R$ 2.280, ao passo que a "Bolsa alimentação" valerá R$ 600 e a "Bolsa vale-transporte" será de R$ 200. Os valores serão concedidos diretamente aos trabalhadores, e o pagamento se dará até o oitavo dia útil do mês. As despesas constarão no orçamento vigente e seus respectivos créditos adicionais. A lei entra em vigor na data de sua publicação e será regulamentada em até 60 dias.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprovou a seleção convocada por Dunga?