Publicidade

07 de Fevereiro de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

A licitação para contratação de empresa especializada em gestão e operação logística de fluxo de materiais médico-hospitalares, medicamentos e correlatos está sendo analisada pelo controle interno da Prefeitura, que irá definir se a peça será homologada ou se haverá a necessidade de realizar uma nova concorrência. De acordo com a assessoria da Comissão Permanente de Licitação (CPL), este é um procedimento considerado normal nestes casos. O resultado final do pregão presencial foi divulgado no último dia 30. A empresa UniHealth Logística Ltda. foi apontada como vencedora, com o valor dos serviços estipulados em R$ 5.280.000. A duração prevista para o contrato é de 12 meses.

Na última semana, o processo licitatório foi alvo de ponderações da Comissão de Saúde da Câmara, que teria recebido um documento de uma terceira empresa, questionando o resultado da concorrência. Ao longo da semana, o vereador Wanderson Castelar (PT), que preside o grupo, tentou reunir os demais integrantes da comissão para deliberar sobre o assunto, ensaiando uma possível movimentação. Uma discussão estaria agendada para a noite de ontem, mas a reportagem não conseguiu contato com o parlamentar.

UniHealth

A vencedora do certame, a UniHealth, afirma que o processo correu "com total transparência", e "teve por objetivo contratar nova empresa e ampliar e aprofundar os níveis de controle na distribuição de medicamentos e insumos". Em carta enviada à Tribuna, afirma ainda que "essas manifestações de inconformidade são tentativas de atrapalhar o processo, manobra muitas vezes usadas por empresas que perdem uma concorrência. A UniHealth Logística, vencedora da concorrência em questão, convida todos que tiverem interesse a visitar as novas operações e tecnologias utilizadas, que deverão estar totalmente implantadas num prazo de quatro meses."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a Justiça agiu corretamente ao permitir, por habeas-corpus, a soltura dos ativistas presos durante a Copa?