Publicidade

11 de Junho de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

A defesa do ex-vereador e advogado Josemar da Silva pediu sua transferência para uma prisão em "sala de estado maior", ou, na ausência da mesma em Minas Gerais, para prisão domiciliar. O advogado de Josemar, Fabrício de Carvalho Rocha, disse à Tribuna que as condições em que o ex-vereador se encontra no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, não está de acordo com o Estatuto da Advocacia e da OAB. O pedido foi encaminhado ontem ao juiz da 3ª Vara Federal, Bruno Savino, no entanto, até o fechamento desta edição, a autorização da transferência ainda não havia sido emitida. Josemar foi preso pela Polícia Federal (PF), no Rio de Janeiro, no dia 2, trazido para Juiz de Fora e transferido para Contagem no dia 5. A detenção do ex-vereador está relacionada a falsidades documentais na constituição de empresas participantes de licitações públicas.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?