Publicidade

06 de Maio de 2014 - 15:55

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atualizada às 20h32

O Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado de Minas Gerais (Sindepominas) interrompe nesta quarta-feira (7), de forma integral, das 8h às 20h, as atividades da categoria, finalizando uma série de paralisações iniciadas mês passado. O protesto busca pressionar o Governo estadual a implementar uma política remuneratória que iguale os vencimentos dos delegados de Polícia Civil com o dos defensores públicos. 

O argumento da categoria é de que ambas as categorias fazem parte das carreiras jurídicas do estado, e a decisão foi tomada em assembleia geral da classe, realizada no mês passado. "O delegado é o primeiro a garantir os direitos do cidadão, por isso pedimos mais valorização", afirma a delegada Dolores Tambasco, que lidera o movimento em Juiz de Fora. O Sindepominas também afirma que os salários dos mais de mil delegados de polícia em Minas Gerais estão entre os três mais baixos do país. 

Ao todo foram realizadas três paralisações na cidade: a primeira, parcial, no dia 23 de abril, de quatro horas, seguida por nova interrupção parcial de oito horas, no dia 30 de abril. Segundo Tambasco, a adesão às paralisações foi de 95% em todo o estado, sendo esperado apoio total para esta quarta. 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprovou a seleção convocada por Dunga?