Publicidade

18 de Julho de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada ontem no Jornal Nacional mostra, pela primeira vez, numa simulação de segundo turno, o senador Aécio Neves (PSDB) tecnicamente empatado com a presidente Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT. A petista tem 44% das intenções ante 40% do tucano, dentro da margem de erro. No levantamento anterior, Dilma somava 46% e Aécio, 39%. Como a margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos, os dois candidatos estão no limite de empate técnico. Na pesquisa para o primeiro turno, a presidente mantém a liderança da disputa pelo Palácio do Planalto, com 36% das intenções de voto.

Os percentuais de Dilma oscilaram de 38% no início de julho para 36% agora. O pré-candidato do PSDB à Presidência, senador Aécio Neves, manteve 20%. O pré-candidato do PSB, Eduardo Campos, variou de 9% para 8%. Brancos e nulos somam 13% e indecisos, 14%. Na pesquisa anterior, brancos e nulos eram 13% e indecisos, 11%.

A pesquisa inclui todas as candidaturas presidenciais registradas no Tribunal Superior Eleitoral. O pastor Everaldo (PSC) aparece com 3%, ante 4% no início de julho. José Maria (PSTU), Eduardo Jorge (PV), Luciana Genro, Rui Costa Pimenta (PCO) e Eymael (PSDC) têm 1% cada. Levy Fidelix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB) não atingiram 1%. Juntos, todos os rivais de Dilma também somam 36%. Considerando a margem de erro, não é possível dizer se haveria ou não segundo turno se a disputa fosse hoje.

No segundo turno, se o adversário fosse o pessebista Eduardo Campos, Dilma venceria com 45% dos votos contra 38%. No início de julho, esse cenário apontava 48% para a atual presidente contra 39% do ex-governador de Pernambuco.

A pesquisa foi feita entre 15 e 16 de julho, com 5.377 eleitores em 223 municípios do país. O levantamento foi contratado pelo jornal "Folha de S. Paulo" e pela TV Globo, foi registrada no TSE sob o protocolo BR-00219/2014 e tem margem de erro máxima de dois pontos percentuais e nível de confiança de 95%

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?