Publicidade

11 de Maio de 2014 - 06:00

Presidente tem 37% das intenções de voto, contra 20% de Aécio Neves e 11% de Eduardo Campos

Por Tribuna

Compartilhar
 

Foram divulgados ontem os resultados da nova pesquisa Datafolha, realizada nas últimas terça-feira e quarta-feira. Segundo o instituto, as chances de a presidente Dilma Rousseff (PT) ser reeleita em primeiro turno diminuíram. Ela obteve 37% das intenções de voto, ao passo que o principal candidato de oposição, o senador Aécio Neves (PSDB), tem 20% das intenções do eleitorado. O ex-governador de Pernambuco e pré-candidato pelo PSB, Eduardo Campos, tem 11%. Se somados os números obtidos pelos adversários da presidente, o que inclui os presidenciáveis Pastor Everaldo (PSC), Eduardo Jorge (PV), José Maria (PSTU), Denise Abreu (PTN) e Randolfe Rodrigues (PSOL), que juntos somam 7%, totaliza-se 38%, mais do que os votos declarados em favor de Dilma. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tendo ouvido 2.844 cidadãos em 174 municípios.

O cenário é de empate técnico entre a presidente e os demais candidatos somados, visto que a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O Datafolha aponta o crescimento do presidenciável tucano como o principal fator responsável pelo empate, visto que Aécio contava com 16% das declarações de voto no último levantamento, realizado entre os dias 2 e 3 do mês passado. O senador registrou o maior crescimento entre os candidatos, oscilando quatro pontos percentuais, ao passo que Dilma perdeu um ponto e Campos cresceu apenas 1%. Entre os nanicos, lidera a pesquisa o Pastor Everaldo, com 3% das intenções de voto. Eduardo Jorge, José Maria, Denise Abreu e Randolfe Rodrigues somam, cada um, 1%.

Num eventual segundo turno, Dilma venceria nos dois cenários apontados pelo Datafolha. Contra Aécio Neves, ela teria 47% das intenções de voto, contra 36% do mineiro. Contra Eduardo Campos, a diferença seria maior, 49% contra 32%. O instituto também averiguou o desempenho dos candidatos por região. Dilma lidera em todas as regiões, sendo seu melhor desempenho nas regiões Norte e Nordeste, onde tem, respectivamente, 53% e 52% dos votos. Por outro lado, para 19% das pessoas ouvidas, Aécio é o mais preparado para implementar mudanças no Brasil, contra 15% de Dilma. Neste quesito, lidera a pesquisa o ex-presidente Lula (2003-2010), preferido por 38% dos entrevistados.

Quanto a índices de rejeição, os números são equilibrados. Dilma lidera o dado negativo, com 35% da repulsa do eleitorado. Outros 33% não querem Campos e 31% não votariam em Aécio Neves. Lula foi pesquisado neste quesito, tendo obtido um número baixo, apenas 17% da rejeição do eleitorado.


Governo diz que segundo turno é esperado

O ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, disse, em Cuiabá, nunca ter acreditado que a presidente Dilma seria reeleita em primeiro turno, referindo-se a todos os pleitos nacionais (2002 e 2006, com Lula, e 2010, com Dilma) em que o partido teve de enfrentar segundo turno para vencer as eleições. Ele afirmou, no entanto, que está confiante em que o começo da campanha na TV garanta à presidente a vitória sobre os adversários.

Os adversários da presidente, no entanto, esperam crescer com a campanha. Aécio Neves disse, durante encontro de empresários do qual participou em Maceió, que o encurtamento da distância para a presidente se justifica "na fragilidade do atual Governo" e na "incapacidade de cumprir com os compromissos assumidos com a sociedade". Ele disse que os dados percentuais ainda importam pouco, visto que a presidente ainda é mais conhecida do eleitorado que seus adversários.

Campos, por sua vez, minimizou a estagnação nas pesquisas e disse que a campanha só começa, de fato, após o início do horário eleitoral. Recorrendo a dados da pesquisa Datafolha, o pré-candidato do PSB afirmou que 40% do eleitorado o desconhece. "Nem iniciou ainda a fase de maior divulgação." Ele também ressaltou o bom desempenho dele e da vice de chapa, Marina Silva, entre os que conhecem a candidatura PSB/Rede.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Governo federal deve refinanciar as dívidas dos clubes de futebol?