Publicidade

26 de Maio de 2014 - 09:31

Por Tribuna

Compartilhar
 
Manifestação faz parte da greve dos docentes
Manifestação faz parte da greve dos docentes

Atualizada às 20h42

Os professores do estado, em greve desde o último dia 21, realizaram nesta terça-feira (27) manifestação no Bairro Benfica. Cerca de 50 trabalhadores fizeram panfletagem e passeata pelas principais ruas do bairro em mais de uma hora, para prestar esclarecimentos à população sobre o movimento. É a segunda vez que os docentes foram para as ruas da Zona Norte. Na segunda-feira, eles chegaram a fechar o Acesso Norte, no Distrito Industrial.

Entre outras reivindicações, a categoria quer a abertura da negociação com o Governo estadual, que se recusa a pagar a integralidade do piso salarial, fixado pelo Governo federal em R$ 1.657,42 para até 40 horas semanais de trabalho. Nesta quarta, representantes do comando de greve de Juiz de Fora viajam para Belo Horizonte, para discutir a situação. Segundo a Secretaria de Estado da Educação, estava marcada para esta terça a realização de reunião com o sindicato para negociação com os profissionais.

O Governo mineiro informou, por meio de nota, que a adesão à greve organizada pelo Sind-UTE em todo o estado é baixa, atingindo apenas 0,29% do quadro profissional. A Administração sustenta, ainda, que paga aos docentes valor superior ao estabelecido pelo Governo federal. O salário dos docentes está hoje fixado em R$ 1.455,30 para uma carga horária de 24 horas semanais. O Governo afirma, baseando-se no cálculo proporcional às horas de trabalho, que deveria pagar aos docentes R$ 1.018,43. 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você escolhe seu candidato através de: