Publicidade

14 de Abril de 2014 - 18:11

Por Tribuna

Compartilhar
 

No primeiro dia da greve iniciada nesta segunda-feira (14) pelos funcionários da Indústria de Material Bélico do Brasil (Imbel), a categoria atingiu 99% de adesão ao movimento, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas, Farmacêuticas e de Material Plástico de Juiz de Fora e Região. Funcionários das cinco unidades da Imbel em todo o Brasil estão de braços cruzados a partir desta semana. A greve por tempo indeterminado se dá em virtude do repúdio dos trabalhadores à proposta salarial apresentada pela empresa, no processo de renovação do acordo coletivo de trabalho, que transcorreu nos últimos dois meses e deliberou salários e benefícios da classe para este ano e para 2015. A categoria pede reposição do IPCA com ganho real de 10%, o cumprimento da carga horária de 40 horas semanais, a abertura de discussão das cláusulas sociais da empresa, além de abono salarial de R$ 3 mil, em virtude dos lucros que a Imbel teve nos últimos anos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?