Publicidade

27 de Maio de 2014 - 21:17

Bruno Siqueira confirma conversas com Alberto Pinto Coelho para repasse de verbas para saneamento, cultura e saúde

Por Tribuna

Compartilhar
 
Bruno Siqueira falou sobre expectativa em relação aos investimentos
Bruno Siqueira falou sobre expectativa em relação aos investimentos

Com visita agendada para Juiz de Fora no dia 7 de junho, o governador Alberto Pinto Coelho (PP) deve anunciar repasses de verbas estaduais para a cidade em três áreas: saneamento, cultura e saúde. O prefeito Bruno Siqueira (PMDB), que participou nesta terça-feira (27) do programa Rádio Vivo da Rádio Solar AM, falou sobre a expectativa dos investimentos, ainda em negociação. Sem divulgar valores e em quais projetos o dinheiro deve ser aplicado, Bruno revelou que parte do recurso será destinado a obras de saneamento urbano. "Ele virá a Juiz de Fora anunciando investimentos da ordem de mais de R$ 23 milhões para a Cesama, para abastecimento de água. Temos feito um trabalho de articulação política muito grande junto ao governador, e há ainda uma expectativa muito grande para que possamos anunciar a retomada de um grande obra cultural no nosso município", afirmou, durante entrevista ao apresentador Marcelo Juliani. Ainda segundo as palavras do prefeito, há articulações para a liberação de verbas destinadas às obras do Hospital Regional de Urgência e Emergência, no Bairro São Dimas.

Durante o programa, Bruno falou sobre as eleições de outubro e sua definição de apoio ao Governo de Minas. No último domingo, em entrevista exclusiva à Tribuna, Fernando Pimentel, pré-candidato do PT, afirmou que espera contar com o apoio do prefeito de Juiz de Fora. "Em nossa administração, temos secretários do PSDB, que é o partido dos ex-governadores Aécio Neves e Antonio Anastasia, e temos secretários do PP, que é o partido do atual governador Alberto Pinto Coelho. Eu sou do PMDB, que é o partido do vice-presidente da República, Michel Temer, que será candidato à reeleição, e também do possível candidato a vice-governador da chapa encabeçada pelo ex-ministro Fernando Pimentel (PT). Assim, teremos condições de diálogo com quem ganhar as eleições, tanto na esfera federal e estadual. Nosso partido é Juiz de Fora. O que queremos é continuar atraindo recursos federais e estaduais para o nosso município."

Nos bastidores, o que se sabe até o momento, é que o entendimento esbarra em questões locais, como o fato de o grupo oposicionista ao Executivo juiz-forano na Câmara Municipal ser formado pela bancada petista. Desde o início de sua gestão, em vários projetos de interesse da Administração, os vereadores Roberto Cupolillo (Betão) e Wanderson Castelar têm apresentado resistência durante as votações. Antes de a direção estadual do PMDB definir a aliança com o PT para o Governo mineiro, Bruno e lideranças peemedebistas da cidade chegaram a defender candidatura própria da legenda e declararam apoio à movimentação do senador Clésio Andrade. Hoje, na composição da chapa majoritária com Pimentel estão o presidente estadual do PMDB, Antônio Andrade, como vice-governador, e o peemedebista Josué Gomes da Silva, como pré-candidato ao Senado.

 

Balanço

Durante a entrevista, o prefeito fez uma análise de sua gestão à frente da Prefeitura, que completa um ano e cinco meses no próximo sábado. "Estamos em um processo de organizar a cidade e melhorar o município. Não íamos conseguir fazer isso no primeiro ano, que é de muita expectativa e pouco poder de realização. Agora, com um ano e meio, muitas obras já foram inauguradas, e outras ainda o serão ao longo de 2014." Bruno destacou os esforços para melhorar as questões pertinentes ao trânsito de veículos e à mobilidade urbana da cidade. "Estamos destacando o transporte coletivo com a criação de novas faixas exclusivas para ônibus. Agora, vamos inaugurar mais uma ponte, próxima ao Tupinambás. Em toda a Avenida Brasil, teremos binários com mão única entre o clube (Tupinambás) e o Bairro Manoel Honório."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?