Publicidade

16 de Maio de 2014 - 10:48

Por Tribuna

Compartilhar
 
Manifestantes seguiam com faixas e bandeiras
Manifestantes seguiam com faixas e bandeiras

Servidores da UFJF em greve realizaram um protesto contra a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) na manhã desta sexta-feira (16), por considerarem que a instituição significa a privatização dos serviços públicos. O protesto começou em frente ao Hospital Universitário (HU) do Santa Catarina, na região central de Juiz de Fora. De lá, cerca de 50 funcionários seguiram com faixas, bandeiras e carro de som até o Museu de Arte Moderna Murilo Mendes (MAMM), na Benjamin Constant, Centro. No local, foi realizada uma assembleia para definir a agenda de greve da próxima semana. Também ficou definido o fechamento das bibliotecas setoriais, seguindo o da Central, definido da última quarta-feira. Na segunda, os técnicos administrativos se reúnem às 9h, para discutir o novo fechamento do Restaurante Universitário

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?