Publicidade

22 de Janeiro de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Manifestantes independentes prometem fazer protesto no Parque Halfeld, às 10h do próximo sábado (25), contra os gastos excessivos com as obras da Copa do Mundo do Mundo de 2014. As manifestações vem sendo divulgada nas redes sociais e faz parte do movimento "Não vai ter Copa", que organiza protestos, em âmbito nacional, contra as despesas e as suspeitas de corrupção que envolvem o evento. No mesmo dia, serão organizados atos públicos em diversas capitais do país, a maior parte marcada para as 17h.

Segundo uma das organizadoras do protesto, Úrsula Bettzaida, o que motiva os manifestantes é, além do desejo de chamar a atenção para os gastos com a Copa, discutir a necessidade de melhorias nos serviços públicos no Brasil. "Faremos assembleia no início e no fim do protesto. Vamos debater as questões relativas à Copa e tratar dos diversos problemas que o país e a cidade enfrentam. Queremos fazer as pessoas questionarem se é ou não é um bom momento para fazer uma Copa do Mundo no Brasil." Os organizadores planejam parar a Avenida Rio Branco com a simulação de uma partida de futebol. "Se houver pessoas o suficiente, vamos fazer uma 'pelada' na Rio Branco. A ideia é ser um protesto esportivo."

Até agora, o protesto local conta com 200 participações confirmadas nas redes sociais. Entretanto, para Úrsula, o comparecimento aos protestos costuma corresponder a 10% das confirmações pela internet, o que demanda mais trabalho de divulgação. "Vamos continuar trabalhando nossa divulgação em paralelo com o evento nacional, para aumentar esse número."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?