Publicidade

15 de Março de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

No início desta semana, os professores do município e do estado farão paralisação, pedindo o cumprimento da Lei do Piso por parte dos Governos municipal e estadual e melhorias nas condições de trabalho dos servidores. Os professores da rede estadual pedem, também, a volta das aulas à noite, extintas por resolução do Governo estadual no fim do ano passado. O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Estado de Minas Gerais (Sind-UTE) realizará uma série de atividades na segunda, terça e quarta-feira, datas que estão sendo denominadas "Dia de greve nacional". O Sindicato dos Professores de Juiz de Fora (Sinpro) ainda não definiu seu calendário de ação.

Na segunda, às 6h30, haverá manifestação de alunos e professores em frente ao Instituto Estadual de Educação (IES - escola normal). No dia seguinte, os profissionais farão manifestação em frente ao Ministério Público (MP), às 16h . Já na quarta-feira, o mesmo ato público será realizado em Brasília. O movimento é encabeçado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e por centrais sindicais, entre elas a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Central Sindical e Popular (CSP-Conlutas).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?