Publicidade

08 de Janeiro de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Causou bate-boca ontem, na Câmara Municipal, a discussão de um projeto de lei do vereador Noraldino Júnior (PSC), que propõe a instituição de uma política municipal de utilização sustentável dos veículos de tração animal (VTA). A proposição, se aprovada, regulamentará o uso de carroças em Juiz de Fora, obrigando os condutores desses veículos a registrá-los e cumprir com obrigações de trânsito e de cuidados com os animais. A proposta tramita na Câmara desde fevereiro do ano passado e, segundo Noraldino, já foi endossada por seis mil assinaturas.

Após pedido de vistas da vereadora Ana Rossignoli (PDT), militantes de movimentos de proteção aos animais irritaram-se com a morosidade da tramitação. Ana foi vaiada e, durante alguns minutos, ondas de gritos do público impediram a continuidade da sessão. O presidente da Câmara, Julio Gasparette (PMDB), interrompeu a reunião. Durante o recesso, foi explicado aos manifestantes que a ideia carece de discussão junto aos carroceiros. Também foi lembrado que os demais vereadores precisam conhecer melhor a proposta. No entanto, os dois argumentos não agradaram à plateia, que permaneceu no plenário e protestou até o encerramento.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?