Publicidade

29 de Abril de 2014 - 22:08

Por Tribuna

Compartilhar
 

A Câmara aprovou nesta terça-feira (29) em primeira discussão o projeto de lei que revisa a estrutura organizacional da Casa e concede aumento linear nos vencimentos de seus servidores efetivos e comissionados. De autoria da Mesa Diretora, a proposta prevê dois índices de reajuste. Para os colaboradores com salário inferior a R$ 1 mil, o aumento será de 10%. Para aqueles que extrapolam o piso, a correção será de 8%. De acordo com o presidente do Legislativo, o vereador Julio Gasparette (PMDB), a revisão dos subsídios devem representar alta de aproximadamente R$ 42 mil mensais na folha salarial do Parlamento. Caso aprovada em segundo turno, as correções salariais irão beneficiar todo funcionalismo do Palácio Barbosa Lima, à exceção dos próprios vereadores.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da liberação da maconha para uso medicinal?