Publicidade

18 de Fevereiro de 2014 - 19:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Os servidores em educação das instituições federais de ensino superior de Juiz de Fora irão deflagrar greve por tempo indeterminado a partir do próximo dia 17. "A nossa pauta de reivindicações é extensa, mas uma das principais lutas é pelo cumprimento integral do acordo da greve de 2012 que, entre outros pontos, busca a isonomia entre os funcionários ativos e os aposentados. Além disso, ainda buscamos a revogação da lei da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH)", afirmou o coordenador-geral do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das instituições Federais de Ensino de Juiz de Fora (Sintufejuf), Lucas Simeão. A decisão segue deliberação da plenária nacional da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra), realizada nos últimos dias 8 e 9, em Brasília. Nesta quinta-feira (20), às 9h, em frente à reitoria do Campus da UFJF, os servidores realizarão o "Dia Nacional de Luta", um ato público no qual irão expor à população alguns dos motivos para a realização do movimento.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprova o retorno de Dunga para o comando da Seleção Brasileira?