Publicidade

18 de Junho de 2014 - 11:23

Paralisação durou três meses e foi interrompida por ordem do Superior Tribunal de Justiça

Por Tribuna

Compartilhar
 

Após três meses, terminou nesta quarta-feira (18) a greve dos técnicos administrativos da UFJF, que retornam às atividades na próxima segunda-feira. Reunidos esta manhã em assembleia no Restaurante Universitário (RU) do Centro, os profissionais avaliaram a greve, em todo o seu contexto, e a ordem judicial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que determinou, através de uma liminar concedida à Advocacia Geral da União (AGU), o fim imediato da interrupção de atividades promovida por funcionários de universidades e institutos federais brasileiros. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições Federais de Ensino de Juiz de Fora (Sintufejuf), a decisão atende unicamente à ordem da Justiça, não tendo os trabalhadores sido contemplados em nenhuma das reivindicações que motivaram o movimento grevista.

Os servidores pediam a fixação de uma data base para reajuste salarial, o que garantiria ganhos anuais acima da inflação, além do nivelamento dos ganhos dos técnicos das universidades em relação a profissionais da mesma categoria que prestam serviços a outros órgãos federais. Durante os 91 dias de paralisação, os técnicos fecharam diversos setores da UFJF, entre eles o RU e as bibliotecas. Após protestos dos alunos, cogitou-se a possibilidade de haver determinação judicial pela reabertura do local, fazendo com que o RU fosse reaberto e funcionasse parcialmente até hoje. Após o feriado, todos os setores da UFJF estarão funcionando normalmente, segundo o Sintufejuf.

 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?