Publicidade

28 de Abril de 2014 - 11:58

Por Tribuna

Compartilhar
 
Assembleia do DCE deliberou por pedir a reabertura imediata do RU
Assembleia do DCE deliberou por pedir a reabertura imediata do RU
Após a asselmbeia, grupo de estudantes decidiu invadir o RU
Após a asselmbeia, grupo de estudantes decidiu invadir o RU

Atualizada às 20h36

A reitoria da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) tem até as 8h desta terça-feira (29) para apresentar à Procuradoria Federal as providências que já foram ou estão sendo tomadas para que haja a retomada imediata das atividades nas bibliotecas e nos restaurantes universitários (RUs), fechados desde o dia 17 de março, quando teve início a greve dos servidores da instituição. O prazo de 24 horas para a resposta foi determinado por um ofício entregue na manhã desta segunda-feira ao reitor Henrique Duque.

Logo após, o Diretório Central dos Estudantes (DCE), que apoia a greve dos servidores, realizou uma assembleia que deliberou por pedir a reabertura imediata do RU junto ao comando de greve. Ainda no encontro, um grupo de alunos sugeriu ocupar o RU do campus, o que não foi aprovado pela assembleia. No entanto, grupo de alunos dissidentes decidiram entrar no restaurante. "Alguns estudantes tomaram esta decisão, que não é do DCE", afirmou a coordenadora-geral do diretório, Laiz Perrut. Conforme o DCE, os manifestantes deixaram o local menos de uma hora depois.

O Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Educação das Instituições Federais de Ensino de Juiz de Fora (Sintufejuf) se reúne às 9h no RU Centro, na Rua Santo Antônio, para discutir o pedido da Procuradoria Federal e uma possível ação da Justiça determinando a reabertura. Segundo o coordenador-geral do Sintufejuf, Paulo Dimas, os servidores não querem abrir o restaurante, uma vez que estão em greve, mas obedeceriam a uma eventual determinação judicial. "Neste caso, não seríamos nós que estaríamos abrindo, mas a Justiça. Ainda assim, trabalhamos com a possibilidade de manter todos os serviços  fechados durante nosso movimento grevista."

Segundo a assessoria de comunicação da UFJF, Duque passou toda a segunda-feira tentando negociar com a direção do Sintufejuf e com o DCE, mas não houve consenso. Ainda conforme a assessoria, a Administração Superior espera encontrar uma solução ainda nesta terça para "não prejudicar ainda mais os cerca de cinco mil estudantes que deixam de almoçar no RU diariamente e aqueles que dependem dos livros disponibilizados nas bibliotecas".

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?