Publicidade

27 de Maio de 2014 - 07:00

Contra o tucano Pimenta da Veiga e Júlio Delgado, do PSB, petista teria 28% dos votos, contra 18% do adversário tucano. Júlio soma 1%

Por Tribuna

Compartilhar
 

O ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e ex-prefeito de Belo Horizonte (2002-2009), Fernando Pimentel (PT), saiu na frente nas intenções de voto para o cargo de governador. Segundo o Instituto Vox Populi, em pesquisa divulgada nesta segunda-feira (26), o petista venceria no primeiro turno em todos os quatro cenários apontados pelo levantamento, obtendo mais votos do que a soma dos votos de seus adversários. No cenário mais provável, que inclui como principais pré-candidatos, além de Pimentel, o ex-ministro das Comunicações Pimenta da Veiga (PSDB) e o deputado federal Júlio Delgado (PSB), o ex-prefeito tem 28% das intenções de voto, contra 18% de Pimenta e 1% de Júlio. Maria da Consolação (PSOL) e Vanessa Portugal (PSTU) contam, cada uma, com 2% dos votos. Neste cenário, foi alto o número de entrevistados que apontaram votos brancos, nulos, ou preferiram não opinar. O índice de brancos e nulos chegou a 19%, ao passo que os que não responderam totalizam 28%.

Para lideranças do PSDB e do PSB, ainda é cedo para avaliar o cenário para 5 de outubro. "Não se sabe o que vai acontecer no processo eleitoral. O que conseguimos perceber é uma grande insatisfação com os nomes que estão colocados", afirma Júlio Delgado, pré-candidato pelo PSB e presidente da legenda em Minas. Já o deputado federal Marcus Pestana, que integra a coordenação das campanhas tucanas ao estado e à Presidência da República, pondera que, mesmo diante do desconhecimento do eleitorado quanto a Pimenta da Veiga, as intenções de voto ao tucano são altas. "O Pimentel parte de um índice baixo, dada a disparidade da exposição pública dos dois candidatos nos últimos anos. O (ex-governador, PSDB, 2011-2014) Anastasia também partiu de apenas 5% e venceu as eleições."

Noutros cenários, a vitória do petista é ainda mais sólida. Tendo apenas Pimenta da Veiga como adversário, o ex-ministro tem a soma de 35% do eleitorado contra 19% do tucano, também com um alto número de eleitores dispersos entre brancos e nulos - 20% - e que não souberam ou não opinaram - 26%. Se o candidato do PSB for Apolo Heringer, ao invés de Júlio Delgado, as intenções ficam em 29% para Pimentel, 16% para Pimenta, 2% para Maria da Consolação, 2% para Vanessa Portugal e 1% para Apolo. Brancos e nulos somam 20% e pessoas que não souberam ou não opinaram, 30%.

Se o candidato tucano for Marcus Pestana, ao invés de Pimenta da Veiga, Pimentel aparece com 33% das intenções de voto, contra apenas 4% do deputado federal do PSDB. Nesse cenário, Maria da Consolação e Vanessa Portugal têm cada uma 3% do eleitorado, ao passo que brancos e nulos abarcam 23% dos eleitores. Outros 34% não souberam ou não quiseram responder. Tal cenário, no entanto, é hoje descartado pelo PSDB, que já confirmou a chapa de Pimenta da Veiga com o deputado estadual Dinis Pinheiro (PP) como candidato a vice e o ex-governador Antônio Anastasia, ao Senado.

A possibilidade de que Pimentel seja eleito governador foi avaliada pelos eleitores de forma independente da intenção de votos. Para 38% dos entrevistados, o candidato petista é o que mais tem chances de vencer a corrida ao Palácio Tiradentes. Apenas 15% acreditam que Pimenta da Veiga seja capaz de vencer a disputa para o Governo de Minas Gerais. Segundo a deputada federal Margarida Salomão (PT), que faz parte do grupo de Pimentel dentro do PT, a liderança reflete o cenário de mudança que paira entre o eleitorado mineiro. "O eleitor quer uma alternativa ao modelo tucano de governo, que está aí há 12 anos. Isso aparece nesta tendência positiva em favor do candidato Fernando Pimentel."

O Vox Populi entrevistou duas mil pessoas em todo o estado, entre os dias 17 e 21 de maio. A margem de erro é de 2,19% para mais ou para menos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?