JF. sábado 25 fev 2017
OUÇA AGORA
Publicidade
11 de janeiro de 2017 - 07:00

Preço de material escolar varia até seis vezes em JF

Pesquisa do Procon aponta que borrachas apresentam maior oscilação de custos; caderno universitário tem menor diferença
Por Fabíola Costa

Já que falta pouco mais de um mês para o início das aulas, ainda dá tempo de fazer uma boa pesquisa de preços, antes de levar o material escolar da garotada para casa. Pela primeira vez, a Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/JF) realizou pesquisa de preços de 132 itens, que costumam fazer parte das listas enviadas pelas escolas, em seis papelarias da cidade. O resultado merece atenção: o preço de um mesmo item pode variar até 540% em Juiz de Fora.

Recordista em diferença de preços, a borracha látex branca, da marca Faber Castell, é encontrada de R$ 1 a R$ 6,40. Em segundo lugar na lista está a borracha látex verde, da mesma marca, vendida de R$ 1,50 a R$ 7,80, uma diferença de 420%. Dentre os produtos com maior oscilação estão, ainda, a régua plástica, de 30 centímetros, da marca Waleu, vendida de R$ 0,45 a R$ 2,30 (411,11%) e a régua com as mesmas características da marca Bandeirantes, encontrada de R$ 0,70 a R$ 2,60 (271,43%). O produto com menor variação entre os itens pesquisados foi o caderno universitário, capa dura, espiral, 200 folhas, dez matérias, TX, com preço entre R$ 23,90 e R$ 24,50, variação de 2,51%. A pesquisa completa pode ser conferida na imagem abaixo e no Superfácil, classificados da edição impressa da Tribuna desta quarta-feira.

Na avaliação do superintendente do Procon, Eduardo Schröder, a pesquisa é uma orientação para que os consumidores possam adquirir produtos de qualidade, a preços reduzidos. “Os resultados demonstram uma acentuada variação de preços, bem como a competitividade entre os estabelecimentos comerciais do setor. O consumidor não deve comprar por impulso ou na primeira papelaria que entrar. Visitar mais de um estabelecimento comercial, comparando os preços encontrados é fundamental para economizar sem abrir mão da qualidade.” A coleta de preços foi realizada pelo Departamento de Estudos, Projetos e Pesquisas durante os dias 4 e 10 de janeiro.

Horário estendido

Nesta terça-feira, o Sindicato do Comércio (Sindicomércio) divulgou o horário especial de funcionamento das papelarias e livrarias em Juiz de Fora. A jornada estendida começa a valer na próxima segunda (dia 16) e segue até 17 de fevereiro. Neste intervalo, as lojas podem ficar abertas das 8h30 às 20h (de segunda a sexta) e das 8h30 às 16h (aos sábados).

Conforme o presidente do Sindicomércio, Emerson Beloti, o objetivo é garantir comodidade na hora da compra. “Com o horário especial, o consumidor que trabalha durante o horário comercial também poderá realizar suas compras com tranquilidade, além de ter oportunidade de pesquisar preços.” O tradicional acordo de condições especiais de trabalho “Volta às aulas” foi assinado pelos representantes dos sindicatos de classe e patronal.

 

(clique para abrir a imagem abaixo em tamanho maior)

lista-material-escolar

Publicidade


Primeiro Comentário

  1. Plinio disse:

    Cade a caçula? Normalmente os melhores preços são lá!

*

Restam 500 digitos

 

Top