Publicidade

08 de Janeiro de 2014 - 07:00

Compartilhar
 

ALUNA APLICADA

O tempo distante e a pesada carga histórica fazem com que as preparações para as tradicionais minisséries bíblicas da Record sejam intensas. No entanto, Lana Rhodes passou por esse período com calma e tranquilidade para viver a hebreia Mauka do episódio ''A cura do servo do centurião'', da minissérie "Milagres de Jesus". Em sua segunda produção épica, a atriz recorreu a referências de quando interpretou a antagonista Tafnes de "A história de Esther". "Muitos estudos que o elenco estava passando eu já tinha tido. Já estava familiarizada com esse universo e costumes", revela. Na trama, sua personagem será responsável por se infiltrar no território romano em busca de informações para os hebreus. "Ela é bem dupla face, mas não é malvada. Na verdade, só estava defendendo seus interesses", adianta. Mauka será responsável por seduzir Rafael, protagonista interpretado por Gustavo Leão. A oportunidade para a série surgiu a partir do convite do diretor João Camargo - com quem ela trabalhou em "Alta estação'' e na trama bíblica de Vívian de Oliveira. Em sua terceira produção ao lado do diretor, Lana acredita que João conhece melhor os perfis de suas personagens. "Ele nunca vai me colocar em um papel que eu brilhe menos, por exemplo. Brinco que sou cativa do João."


DOBRADINHA

A partir da próxima semana, a Globo irá tentar uma experiência inédita em sua grade de programação. O "Vale a pena ver de novo" exibirá duas novelas ao mesmo tempo. Entre os dias 13 e 17 de janeiro, após os capítulos de "O cravo e a rosa", o público irá assistir capítulos de 30 minutos de "Caras & bocas''. Ambas as tramas são escritas por Walcyr Carrasco, que também assina o texto do folhetim das nove, "Amor à vida". A ideia é ver como a grade se sai sem o auxílio da clássica faixa de filmes "Sessão da tarde", que, nos últimos anos, tem apresentado baixos índices de audiência.


NOVO VISUAL

Juliana Paes clareou e cortou os cabelos para sua próxima personagem na trama das seis, "Meu pedacinho de chão", com estreia prevista para 7 de abril. As gravações devem começar em meados de fevereiro. Na trama, Juliana será esposa do personagem de Lima Duarte, um influente coronel da fictícia cidade onde se passa a história.


PROCURA-SE

A Band busca um reforço em seu próprio elenco para ocupar a vaga deixada por Danilo Gentili no "Agora é tarde''. Nomes como Dani Calabresa, José Luiz Datena e André Vasco foram cotados para substituir o ex-"CQC". Mesmo com a saída de Danilo para o SBT, a emissora planeja manter o formato do programa no ar em sua grade de 2014.


RÁPIDAS

# Nesta quarta, o "Gabi quase proibida" reprisa a entrevista com os artistas e representantes do mundo LGBT Daniel Peixoto e Aretuza Lovi.

# Hoje, a Band estreia a série "Filhos da anarquia".

# Amanhã, a Record exibe o episódio "Encruzilhada", da oitava temporada de ''CSI: NY''.


FOI BEM

A qualidade de produção de "Amores roubados". A minissérie mostrou uma fotografia impecável e diferentes movimentos de câmara.


FOI MAL

O caráter arrastado da trama de ''Amores roubados". Mesmo com um menor tempo de exibição, a minissérie sofreu com o tedioso capítulo de apresentação dos personagens.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?