Publicidade

17 de Janeiro de 2014 - 07:00

Compartilhar
 

NOVOS FORMATOS

Aos 33 anos, Cauã Reymond coleciona uma série de papéis de destaque em novelas. Como o Jesuíno, de ''Cordel encantado", e, mais recentemente o Jorginho, de "Avenida Brasil". No entanto, a profundidade da trama e a estética rebuscada de ''Amores roubados'' deram ao intérprete do "Don Juan'' Leandro a oportunidade de experimentar um novo formato em sua carreira e de ampliar sua cartela de trabalhos na TV. "A minissérie me deu a chance de trabalhar com uma equipe impecável. Fico feliz que a Globo esteja investindo cada vez mais em projetos autorais", valoriza o ator, que acredita que a trama de George Moura tenha chamado a atenção do público para seus mistérios. "Todos estão ansiosos para saber o que estar por vir. Agora, querem saber se Leandro morreu mesmo", completa, aos risos. Mesmo com a minissérie ainda no ar, Cauã já começou a gravar as primeiras cenas de "O caçador", próxima série policial da Globo. Na trama, ele dará vida a André, um policial que foi afastado da polícia injustamente e, por isso, acaba rejeitado pela família. "Estou muito animado. Tenho feito várias cenas de ação e estou colocando em prática tudo o que aprendi no Core", explica ele, referindo-se ao período de laboratórios na Coordenadoria de Recursos Especiais.


VOO SOLO

O programa de Sabrina Sato na Record deve estrear no final de março. Até lá, a apresentadora irá passar por uma série de aulas com uma fonoaudióloga para melhorar sua dicção. Nesta sexta, a ex-integrante do ''Pânico na Band'' se encontra com os diretores da emissora para definir como será o projeto. Sabrina pretende comandar um programa com plateia e com assistentes de palco.


CARAS NOVAS

Nos últimos anos, a Globo se mostra decidida a investir em novos talentos. Por isso, atualmente, a emissora promove um "workshop" com diversos roteiristas para o desenvolvimento de projetos inéditos. Algumas produções devem ser acompanhadas pela alta cúpula do canal. Caso algum dos projetos emplaque, o roteirista assina um compromisso de maior duração.


PURA MALDADE

Marina Ruy Barbosa está cotada para a próxima novela das nove de Aguinaldo Silva. Com título provisório de ''Falso brilhante", a atriz poderá dar vida a sua primeira vilã. Recentemente, Marina integrou o elenco de "Amor à vida" como a "fantasminha camarada" Nicole. O folhetim de Aguinaldo Silva tem estreia para o segundo semestre.


MUITO ALÉM

Apesar de ter investido nas cenas de ação, Rogério Gomes, diretor de núcleo de "A teia", não quer limitar a trama a uma produção de polícia e ladrão. Escrita por Carolina Kotscho e Bráulio Mantovani, a série contará com duas ou três sequências de perseguição por episódio. "O seriado vai muito além disso. É um texto com drama, mistério e suspense. Tivemos uma estrutura muito boa ao longo da produção e o resultado promete ficar excepcional, muito bacana", torce.


DE VOLTA

De folga das novelas desde a "Saga mutantes" - "Caminhos do coração'' e "Os mutantes - Caminhos do coração'' -, onde participou de duas temporadas, Rafaela Mandelli integrará o elenco de "Vitória", próximo folhetim da Record. Em breve, a atriz também irá protagonizar um dos episódios da minissérie bíblica "Milagres de Jesus". Escrita por Cristiane Fridman, a trama tem estreia prevista para maio.


RÁPIDAS

Hoje, a Record exibe o episódio "Efeito cascata", da oitava temporada de "CSI: NY''.

Vai ao ar, hoje, o último episódio da minissérie "Amores roubados".

O +Globosat estreia, a partir desta sexta, as duas últimas temporadas de ''As aventuras do Detetive Poirot'', baseada na obra de Agatha Christie.


FOI BEM

As chamadas da minissérie "Serra pelada - A saga do ouro". Já nos comerciais é possível ver o caráter rebuscado da produção. Além disso, as chamadas são apresentadas em um formato inovador.


FOI MAL

A falta de espontaneidade de Ana Furtado no "Encontro com Fátima Bernardes". A apresentadora não se mostra confortável na função e não tem entrosamento com seus colegas Dan Stulbach e Lair Rennó.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?