Publicidade

18 de Janeiro de 2014 - 07:00

Compartilhar
 

PONTO DE PARTIDA

Algumas tramas de "Amor à vida" irão terminar como começaram. Caso da história de Amarilys, personagem de Danielle Winits. A dermatologista irá encontrar outro casal homossexual para aplicar o golpe da barriga de aluguel. Por isso, Bruno Dubeux, que viveu Michel na última temporada de ''Malhação", irá entrar no folhetim como Samuel, um paciente da médica. Ele e seu parceiro, Túlio, papel de Jefferson Schoroeder, logo ficarão animados com a possibilidade de encontrar uma mulher disposta a ser barriga solidária para o casal gay. "Adorei a chance de entrar em um núcleo que gerou tanta polêmica e repercussão. Mas a equipe já me deu um caminho. O Samuel está para o Eron assim como o Túlio está para o Niko.Vamos seguir essa linha", explica ele, referindo-se aos personagens de Marcello Antony e Thiago Fragoso, respectivamente. O ator, que já interpretou um gay no cinema, acredita que seja importante a discussão de novas formações de famílias na televisão. "A questão é muito mais ampla e tem uma função educativa. Gostei da oportunidade de viver um homossexual na TV", afirma ele, que foi convidado para o elenco do folhetim através do produtor de elenco André Reis.


PREÇO SALGADO

A crise financeira que gerou uma série de demissões em 2013 parece não ter atingido o setor de produção das tramas bíblicas. Segundo Anderson Souza, diretor de teledramaturgia, cada episódio da minissérie "Milagres de Jesus" custou cerca de R$ 900 mil. A produção é uma parceria entre a emissora e a Academia de Filmes. A minissérie tem estreia prevista para o próximo dia 22.


CORTA, CORTA

Aguinaldo Silva precisou se desapegar de seus episódios de "Doctor Pri", nova série da Globo. Após leituras com elenco, o autor percebeu que estavam enormes e não seriam adequados para 35 minutos de produção. Por isso, precisou reduzir boa parte dos 14 episódios escritos. A série, que é protagonizada por Gloria Pires, tem estreia prevista para o segundo semestre.


PADRÃO GLOBO

Os trabalhos para os tradicionais desfiles do carnaval carioca estão a todo vapor. Ex-todo poderoso da Globo, Boni será homenageado pela Beija Flor, escola de samba de Nilópolis, Baixada Fluminense. Conhecido por instaurar o famoso "padrão Globo de qualidade", o diretor encomendou detalhes do último carro alegórico a uma comissão de cenógrafos da emissora que trabalharam com ele. A última alegoria terá um imenso globo de LED que vai transmitir imagens do público durante o desfile no sambódromo do Rio.


TODAS AS FICHAS

O Multishow está decidido a fazer do "Vai que cola" uma de suas principais produções em 2014. A nova edição contará com reforços no elenco, novos roteiristas e quase o dobro de episódios. Previsto para voltar ao ar em agosto, a segunda temporada começa a ser gravada em abril. As participações de Fábio Porchat, Tatá Werneck, Marcelo Médici e Júlia Rabello já estão confirmadas.


TELA DUPLA

A Globo não é a única emissora a investir na maior interação entre TV e internet. Após o lançamento do GShow, o SBT estreia, no próximo dia 20, o SBTWeb, uma produção on-line que revela os bastidores do canal de Sílvio Santos e apresentada por Nadja Hadad. O programa poderá ser acompanhado pelo site da emissora e contará com quadros atualizados ao longo da semana. ''Por meio de pesquisas, notamos que esse tipo de cobertura de bastidores funciona muito bem no universo digital. A diferença estará no desenvolvimento de pautas baseadas nas sugestões dos internautas'', declara Phillipe Carrasco, executivo responsável pelo projeto.


RÁPIDAS

Hoje, o "Estrelas" conta com as participações de Leandro Hassum, Hélio de La Peña e Tiago Abravanel em Las Vegas.

Nesta sábado, Marcos Mion mistura mistura axé, funk, arrocha e tecno brega no "Legendários".

Neste domingo, o "De frente com Gabi" exibe a entrevista inédita com o Padre Fábio de Melo.


FOI BEM

A participação de Tatá Werneck, a Valdirene de ''Amor à vida", no ''Big brother Brasil''. A atriz improvisou por mais de dez horas como a personagem, tornando tudo muito verossímil.


FOI MAL

Os erros de produção do "Sabe ou não sabe'', da Band. Por muitas vezes, é possível ver, ao fundo, a equipe do game show abordando os participantes do programa.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?