Publicidade

23 de Janeiro de 2014 - 07:00

Compartilhar
 

SEM TABUS

Tainá Müller considera Marina, seu próximo papel na nova novela das nove, ''Em família", como a grande oportunidade em sua carreira. Apesar de trabalhos de destaque como o filme "Tropa de Elite" e "Insensato coração", a atriz chama a atenção para sua personagem antes da estreia do folhetim de Manoel Carlos. Na trama, ela dará vida a uma fotógrafa que se relacionará com Clara, interpretada por Giovanna Antonelli, uma mulher madura que larga o marido para se envolver com a jovem. "Estou aqui para oferecer o meu melhor. Manoel Carlos escreve grandes personagens femininas, e essa novela está cheia delas", afirma ela, que está em constante processo de composição para o papel. "Penso na Marina o tempo inteiro. É uma relação maluca que a atriz vai desenvolvendo com a personagem até que aconteça a fusão completa, o grande encontro em cena", completa. Ciente da repercussão que seu trabalho pode gerar, Tainá não se preocupa em interpretar uma personagem homossexual na faixa das nove. No entanto, critica os constantes questionamentos ao relacionamento homoafetivo nos folhetins. "Não é como se fosse uma situação inédita. Acho que a sociedade fica criando tabus só pelo prazer de transgredi-los", argumenta.


SEM PRESSÃO

Aos 29 anos, Chandelly Braz mostra segurança ao encarnar o posto de protagonista da próxima novela das sete, "Geração Brasil". Na trama de Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, a atriz dará vida à hacker Manu e estará envolvida em uma das tramas centrais do folhetim. "É uma responsabilidade. Não tem como não pensar. Além do volume maior de trabalho, é uma personagem que conduz muitas histórias da trama", explica ela, que irá dividir a função com outros atores do elenco, como Humberto Carrão, Isabelle Drummond, Taís Araújo e Murilo Benício. "Ainda bem, porque assim podemos dividir a pressão", completa, aliviada.


NOME NA LISTA

Aos poucos, a equipe de ''Vitória'', próxima novela da Record, vai montando seu elenco. E Bruna Di Túlio é o novo nome que engrossa a lista da trama de Cristianne Fridman. A atriz estava longe das novelas desde "Máscaras", escrita por Lauro César Muniz. O folhetim tem estreia prevista para maio. Caio Junqueira, Gisele Itié e Ricky Tavares também estão confirmados no elenco.


HORA DE DAR TCHAU

O "TV Xuxa" do próximo sábado, dia 25, encerra a temporada de férias. Gravado em Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio de Janeiro, o programa traz os cantores Victor & Leo e os atores Luís Miranda, Susana Pires, Alexandra Richter e Simone Soares. Segundo comunicado da Globo, a produção comandada por Xuxa irá deixar a grade de 2014 por conta da Copa do Mundo e das eleições. A decisão foi tomada pela emissora em conjunto com a apresentadora. Xuxa terá necessidade de repouso para tratamento de uma inflamação no pé, uma sesamoidite diagnosticada no ano passado. A apresentadora acaba de renovar seu contrato e segue no elenco da Globo.


PARA MAIORES

A faixa das 23 h permite maior liberdade moral para muitos autores. Por isso, Aguinaldo pretende escrever ''Doctor Pri" sem grandes pudores. O autor garante que o seriado terá diversas cenas de sexo. Protagonizada por Gloria Pires, a produção conta a história de Priscila, uma terapeuta especializada em adultério. Paulo Rocha e José Mayer também integram o elenco do seriado, que tem previsão de estreia para o segundo semestre.


CARGA DRAMÁTICA

Vivian de Oliveira é uma das principais escritoras de minisséries bíblicas na Record. A autora, que assinou os textos de "A história de Esther'', ''Rei Davi'', ''José do Egito'' e o primeiro episódio de ''Milagres de Jesus'', acredita que seja importante recontar histórias conhecidas do público. "Apesar de serem tramas da bíblia, muitas pessoas não sabem esses períodos a fundo. Podemos aprofundar o que está na Bíblia e ver o que está nas entrelinhas dos personagens", explica. Atualmente, a autora se dedica ao texto da minissérie "Moisés e os 10 mandamentos", que tem estreia prevista para o início de 2015.


RÁPIDAS

# Hoje é dia de prova do líder no "Big brother Brasil".

# Nesta quinta, a cantora Luiza Possi é a entrevistada do "Coletivation".

# A Record exibe, hoje, o episódio "Sete três sete", da primeira temporada de "Breaking bad".

# Amanhã, vai ao ar o último episódio da minissérie "Serra Pelada - A saga do ouro".


FOI BEM

A performance de Lair Rennó à frente do ''Encontro com Fátima Bernardes" durante as férias da apresentadora titular. Ao lado de Dan Stulbach e Ana Furtado, ele foi o único que conseguiu mostrar espontaneidade ao longo do período e sabia como comandar a produção sem parecer perdido.


FOI MAL

A insistência de Walcyr Carrasco em repetir tramas em "Amor à vida". O médico Jacques, interpretado por Julio Rocha, sempre em busca de dar o golpe em alguém no hospital, e Amarilys, papel de Danielle Winits, pretendem sabotar outro casal gay.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?