Publicidade

07 de Fevereiro de 2014 - 07:00

Compartilhar
 

PASSARELA DA VIDA

Os cabelos louros, o porte delicado e os anos dedicados ao mundo da moda fazem de Mariana Weickert - em um primeiro momento - uma figura impensável para integrar o elenco de "A liga", jornalístico da Band conhecido por matérias dramáticas e densas. No entanto, foi exatamente a diferença entre o perfil do programa com sua carreira de modelo e apresentadora que chamou a atenção da jovem de Blumenau, Santa Catarina. "Aqui, sou levada ao extremo, e existem situações que exigem muito de mim. Encaro esse programa como uma provação na minha carreira. Nunca fiz nada semelhante", explica ela, que renovou seu contrato com a emissora e está confirmada na próxima temporada. "Já começamos a gravar alguns episódios novos. 'A liga' é um programa totalmente autêntico, e as situações que vivenciamos são mostradas de forma muito genuína", completa. Há um ano no jornalístico, Mariana ressalta que foi uma experiência impressionante e bastante desgastante, e que sua participação na produção vai muito além da apresentação.


ADIANTAMENTO

A Globo já demonstra sinal de alerta aos índices pouco expressivos da audiência de "Em Família". Por isso, a emissora decidiu adiantar o começo da terceira fase do folhetim que tem Julia Lemmertz como a protagonista Helena. Inicialmente, a última fase da trama de Manoel Carlos estava prevista para começar no capítulo 10. No entanto, irá ao ar no capítulo 8, na próxima terça, dia 11.


NOVOS RUMOS

Ricardo Waddington tem um novo projeto para se dedicar na Globo. O diretor ficará responsável pelo núcleo de "Saber Viver", novela das seis que tem estreia prevista para setembro deste ano. A trama escrita por Rui Vilhena irá substituir ''Meu pedacinho de chão''. Atualmente, o diretor é responsável pelo folhetim das seis, "Joia rara", "Além do horizonte" e "Vídeo show".


VIDA NOVA

A equipe do "Pânico na Band" começa a se recuperar do choque da perda de Sabrina Sato para a Record. A trupe liderada por Emílio Surita voltou aos trabalhos essa semana e planeja novidades para a temporada de 2014. A ideia do diretor Alan Rapp é investir em sátiras e na cobertura da Copa do Mundo do Brasil. Um dos maiores percalços do programa será cobrir a falta de Sabrina no setor comercial.


FOI BEM

O desempenho de Milhem Cortaz como o Barzilai no episódio ''O leproso de Genesaré'', da minissérie "Milagres de Jesus". O ator conseguiu mostrar uma atuação segura e forte sem deixar transparecer uma dramaticidade piegas.


FOI MAL

A falta de originalidade das pautas dos programas matinais da TV. Todo verão é uma enxurrada de matérias sobre os cuidados com o sol, como se comportar na praia e a moda da estação.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?