Publicidade

28 de Março de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

FORA DO TEMPO

Obras fechadas costumam contar com um período maior de pré-produção para uma estética mais elaborada. E foi exatamente o alto grau de investimento artístico que chamou a atenção de VICTOR PECORARO para participar do episódio "O cego de Jericó", da minissérie "Milagres de Jesus". O caráter mais lento e preciso das gravações comandadas por João Camargo possibilitaram um trabalho mais elaborado do ator. "Não é uma produção rápida como novela. É semelhante ao cinema. Tudo é feito com detalhes para construir melhor o personagem", explica o ator, que não esconde sua preferência por séries e minisséries. "Particularmente, só faria obras fechadas. É muito gostoso de trabalhar a fotografia e todos os detalhes para termos um resultado final diferenciado." Na história escrita por Renato Modesto, Victor é Naor, um rapaz revoltado por acreditar que não tem futuro por conta de seus pais velhos e seu irmão cego. Longe da posição do galã, posto que ocupou em novelas como "Aquele beijo", da Globo, e "Balacobaco", da Record, o ator não se incomoda com os rótulos que a televisão costuma criar. "O mais importante é estarmos trabalhando com dedicação ao público. Estou aberto para qualquer papel", afirma.


PRIMEIROS PASSOS

A equipe de "O rebu" começou, esta semana, os "workshops" de preparação com o elenco. O "remake", que irá ao ar na faixa das 23h, conta com a assinatura de George Moura e Sérgio Goldenberg. A direção é de José Luiz Villamarim. Com previsão de estreia para o fim do primeiro semestre, o folhetim conta com José de Abreu, Patrícia Pillar, Sophie Charlotte e Marco Pigossi no elenco.


VOZ DA EXPERIÊNCIA

Assim como no "The voice Brasil", o "Superstar", novo "reality" musical da Globo, também contará com jurados consagrados do meio fonográfico. Depois de viver a cafetina Maria Machadão em "Gabriela", Ivete Sangalo volta à TV como uma das juradas da competição ao lado de Dinho Ouro Preto e Fábio Jr. "Naquele palco estarão artistas como nós. Cada um que subir ali terá sua notoriedade devida, independente de seguir na competição ou não", afirma Ivete. Com apresentação de Fernanda Lima e André Marques, a produção tem estreia marcada para o dia 6 de abril.


SEM PARAR

Caio Blat já tem seu próximo trabalho acertado na Globo. Atualmente no ar como o Sonan de "Joia rara", o ator está escalado para viver Elivaldo em "Falso brilhante", próxima novela das nove. Na história escrita por Aguinaldo Silva, o personagem irá preso após ser injustamente acusado de ter posto fogo em um camelódromo. A trama tem estreia prevista para o começo do segundo semestre.


FOI BEM

Para as participações de Gustavo Mendes no "Agora é tarde", da Band. O humorista rende bons momentos para o "talk show" e conta com o auxílio de Rafinha Bastos para se sobressair.


FOI MAL

A falta de "timing" da reportagem especial do "Câmera Record" sobre Renato Aragão. Apesar de anunciada como uma homenagem, a matéria teve um tom fúnebre e de mau gosto, uma vez que o humorista está internado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?