Publicidade

01 de Abril de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

SEM ESTRESSE

As responsabilidades do posto de protagonista podem assustar em um primeiro momento. No entanto, THAÍS MELCHIOR encara a função com calma e serenidade, apesar dos seus singelos 23 anos. Escalada para viver a mocinha Diana em "Vitória", próxima novela da Record, a atriz já experimentou a função de conduzir uma trama durante a temporada de 2011 de "Malhação", onde viveu a protagonista Cristal, que ao longo dos capítulos tornou-se antagonista. "Sempre dá um frio na barriga. Mas estou tranquila. A equipe é muito cuidadosa, e estou tendo todo o apoio. Na verdade, me sinto desafiada", valoriza. Na história de Cristianne Fridman, a personagem de Thaís será uma joqueta que enfrentará um drama familiar após se envolver com seu meio-irmão Arthur, vivido por Bruno Ferrari. "É um papel de personalidade forte. Vai assumir o haras da família e lutar pelo sonho de ser uma joqueta profissional", explica. Para interpretar uma personagem do universo hípico, a atriz passou por um longo período de "workshops" de montaria. Para Thaís, o mais difícil durante o processo de pré-produção foi se acostumar com a postura correta sobre o cavalo. "É muito puxado. Tive de malhar mais e perder peso para aguentar montar. Não tinha a menor intimidade com os cavalos. Fui construindo uma relação", afirma.


ANO ATRIBULADO

De folga da TV desde o fim de "Salve Jorge", Nanda Costa está disposta a investir na televisão em 2014. Prestes a estrear como a dúbia Marinalva de "O caçador", a atriz já tem papel definido em "Falso brilhante", próxima novela das nove. Na trama de Aguinaldo Silva, ela será Tuane, uma jovem que abandona o próprio filho após o nascimento dele. Além disso, a personagem será irmã da protagonista Cristina, vivida por Leandra Leal. O folhetim tem estreia definida para o começo do segundo semestre.


FÉRIAS SUSPENSAS

José de Abreu não pretende emendar um longo período de férias após o fim de "Joia rara". O ator está escalado para "O rebu", próximo "remake" das 23h. Na trama adaptada por George Moura, ele dará vida a Bernardo Menezes, sócio de Carlos Braga Vidigal, interpretado por Tony Ramos. Ambos serão responsáveis pela execução de uma licitação na empresa Mahler Engenharia, comandada por Ângela Mahler, papel de Patrícia Pillar. Atualmente, elenco e equipe já se encontram na fase de pré-produção do folhetim.


REI DO ROCK

Com estreia prevista para abril, Otávio Mesquita começou as gravações de "Okay pessoal!!!", seu novo programa no SBT. Durante os primeiros trabalhos da produção, o apresentador se caracterizou de Elvis Presley e, a bordo de um antigo carro Thunderbird conversível, gravou uma matéria no principal ponto de encontro dos fãs do cantor em São Paulo, o Espaço Cultural Elvis Arts. No local, Otávio Mesquita conheceu a memorabília, conversou com fãs e até cantou algumas canções no "KaraokElvis", um aparelho onde só é permitido cantar músicas de Elvis Presley.


COM A BOLA TODA

Na nova temporada de "Pé na cova", o personagem de Miguel Falabella, Ruço, terá concorrência nos negócios. Depois de deixar o marido, Abigail, papel de Lorena Comparato, volta ao Irajá, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro, por cima. Ao lado de Clécio, de Magno Bandarz, ela retorna no comando da "Santa Abigail", a funerária mais moderna da região. O seriado estreia sua terceira temporada a partir do dia 8 de abril.


BOM RESULTADO

Novata na televisão, a modelo Cintia Dicker chamou a atenção de Luiz Fernando Carvalho durante as gravações do quadro "Correio feminino", do "Fantástico". A breve participação foi o suficiente para a gaúcha de 27 anos emplacar um papel no "remake" de "Meu pedacinho de chão", onde vive a doce Milita. Para Luiz Fernando, a modelo faz parte de um time de profissionais com talento espontâneo para a TV. "Ela é extremamente natural. Havia essa personagem que se encaixa bem com o temperamento da Cintia. Era ideal para esse novo início de carreira e mudança de rumos", valoriza.


RÁPIDAS

# Hoje, a Globo exibe o último episódio de "A teia".

# A Record exibe, nesta terça, o episódio "O forasteiro", da segunda temporada de "Era uma vez".

# A Globo transmite, hoje, o jogo entre Barcelona e Atlético de Madrid.


FOI BEM

A entrevista com o presidente do Uruguai, Pepe Mujica, no "Canal livre", da Band. Muito bem conduzida, a conversa apresentou pontos importantes sobre um dos homens mais comentados da atualidade.


FOI MAL

A seleção de Hortência e Isabel Salgado, ex-jogadoras de basquete e vôlei, respectivamente, para dar assistência ao longo do "The ultimate fighter". Apesar de serem lendas do esporte brasileiro, as atletas não apresentam conhecimento adequado para dar suporte ao "reality show".

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?