Publicidade

09 de Abril de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

EM CONSTRUÇÃO

Os primeiros períodos de escalação de atores para uma produção é repleto de dúvidas e incertezas. Após a recusa de Morena Baccarin para protagonizar ''Dupla identidade", nova série policial da Globo, Gloria Perez precisou de uma saída rápida para ocupar o posto. E Luana Piovani foi a solução encontrada para preencher a vaga da atriz brasileira que atualmente participa da série americana, "Homeland". Longe das novelas desde "Guerra dos sexos", Luana precisou fazer um teste para conquistar o papel de destaque. "Ela vai ser uma policial que caça um serial killer. Mais do que isso não posso adiantar", desconversa a autora, que trabalha em um ritmo intenso para escrever a série. "Estou a mil. Escrevendo, reunindo equipe, vendo escalação... Serão 13 ou 14 episódios. Ainda não foi definido", completa. Com estreia prevista para o final do ano, a produção conta com poucos nomes confirmados. Além de Luana, Bruno Gagliasso se juntou recentemente à equipe e viverá o sedutor "serial killer" da trama. Recém-saído de ''Joia rara", o ator era disputado para integrar o elenco de "Búu" e "Falso brilhante", próximos folhetins das sete e das nove, respectivamente. "Ainda tem mais gente para escalar. Mas são poucos personagens. No entanto, vamos ter muitas participações", explica Gloria.


FRUSTRAÇÃO

A ousadia de Luiz Fernando Carvalho parece não ter agradado ao público em um primeiro momento. A estreia de ''Meu pedacinho de chão", de Benedito Ruy Barbosa, marcou 17 pontos, a menor audiência da história do horário das 18h. Até então, a posição era de ''Lado a lado", que em seu primeiro capítulo registrou 18 pontos.


CALDEIRÃO POPULAR

Na grade da Globo desde 2011, o "Esquenta!" estreia sua nova temporada planejando ir além de uma festa popular brasileira. Por isso, o programa pretende investir em debates sobre o futuro do país através do novo quadro "O que queremos para o Brasil", uma mesa redonda com a participação de personalidades da vida artística, social e política do Brasil. ''Em ano de eleição, queremos esclarecer muitas coisas importantes para o cidadão. A combinação de assuntos sérios em um ambiente carnavalesco torna tudo mais atraente'', definiu Hermano Vianna, um dos criadores da produção comandada por Regina Casé.


GAROTO-PROBLEMA

Após um papel sem grandes repercussões em "Amor à vida", Daniel Rocha ganhou uma nova chance no horário das nove. O ator está escalado para "Falso brilhante", próxima novela de Aguinaldo Silva. Na trama, ele dará vida a João Lucas, filho de Maria Marta e José Alfredo, interpretados por Lília Cabral e Alexandre Nero. O personagem será facilmente manipulado pela mãe e não quer saber dos negócios da família. O folhetim tem estreia prevista para o começo do segundo semestre.


PELAS BEIRADAS

Aos poucos, Evaristo Costa vai ganhando espaço nos jornalísticos mais tradicionais da Globo. Após assumir a apresentação do "Jornal Nacional" aos sábados, o colega de bancada de Sandra Annenberg irá cobrir as férias de Tadeu Schmidt no ''Fantástico". A partir do próximo dia 27, a revista eletrônica ganha novo formato nas noites de domingo.


NOVOS PROJETOS

Apesar de ser uma faixa dominada pelos remakes, o horário das 23h também abre espaço para receber sinopses de tramas inéditas. Walcyr Carrasco pretende escrever um novo folhetim para a faixa com previsão de estreia para 2015. Além dele, Maria Adelaide Amaral também tem um projeto inédito para o horário.


RÁPIDAS

# Nesta quarta, a Record exibe o episódio "A cura do cego de nascença", da minissérie ''Milagres de Jesus".

# Um documentário em homenagem a Ayrton Senna é destaque no "Conexão repórter" desta quarta.


FOI BEM

A dupla formada por Leo Lins e Murilo Couto no "The noite'', do SBT. Os dois apresentam um bom entrosamento no palco e conseguiram manter o mesmo ritmo que tinham na Band na nova emissora.


FOI MAL

O erro da grafia do nome de Bruna Linzmeyer, a Juliana, na abertura de "Meu pedacinho de chão". Uma das principais intérpretes do folhetim, ela teve seu sobrenome escrito de forma errada logo na abertura da produção.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?