Publicidade

12 de Abril de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

PASSADO PRÓXIMO

O mundo das passarelas é um velho conhecido de Débora Nascimento. Aos 18 anos, a atriz já era íntima do universo da moda e chegou a morar na África do Sul por conta da profissão. Hoje, aos 28 anos, ela irá reviver momentos da antiga carreira na próxima novela das sete, ''Geração Brasil''. Na trama escrita por Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, Débora interpretará a modelo internacional Maria Vergara e será obcecada pelo guru Brain, papel de Lázaro Ramos. ''Ela é espanhola e muito famosa no mundo todo. Mas quer virar atriz para perpetuar a fama. No entanto, é totalmente deslumbrada e mimada'', explica. Natural de Suzano, interior de São Paulo, a atriz precisou retomar as aulas de espanhol para compor a personagem. ''Eu já falava, mas tinha de relembrar. Afinal, no dia a dia, a gente usa mais o inglês'', explica. De folga das novelas desde ''Flor do Caribe'', Débora passou cerca de três semanas em São Francisco, nos Estados Unidos, gravando suas primeiras cenas. ''Foi uma experiência muito legal. Agora, vamos começar os trabalhos em estúdio aqui'', aponta. O folhetim tem estreia marcada para o dia 5 de maio.


SEM EXAGEROS

Rui Vilhena não irá investir em gravações no exterior para sua primeira novela solo na Globo. Responsável pelo texto de ''Boogie Oogie'', próximo folhetim das seis, o autor irá ambientar toda a trama no Rio de Janeiro e em Niterói. Além disso, a história se passará na década de 1970, no auge da era disco. Coincidentemente, é o mesmo período em que se passa ''Pecado mortal'', atual novela da Record.


ERA DIGITAL

Nos últimos anos, a Globo buscou intensificar a relação entre internet e sua programação. Por isso, a emissora planeja lançar um aplicativo para tablets e smartphones para divulgar o remake de ''O rebu'', próxima novela das 23h. A tecnologia irá auxiliar o telespectador a descobrir o assassino da trama. Atualmente, o canal lançou aplicativos para fortalecer a interatividade com o público através do reality ''SuperStar'' e da novela ''Meu pedacinho de chão''.


DE INÍCIO

O Multishow deu início às gravações da nova temporada do ''Vai que cola''. A série protagonizada por Paulo Gustavo volta ao ar a partir do segundo semestre. Em sua segunda temporada, a produção pretende investir em participações de profissionais relacionados ao humor. Do elenco original, a única baixa ficará por conta de Sílvio Guindane, que deixou a série para gravar a nova novela da Record, ''Vitória''.


DE OLHO

Apesar do desempenho fraco da audiência e da repercussão de ''Além do horizonte'', Juliana Paiva continua chamando a atenção da direção da Globo. No ar como a protagonista Lili da atual trama de Marcos Bernstein e Carlos Gregório, a atriz está cotada para integrar o elenco de ''Búu''. O folhetim tem estreia prevista para o segundo semestre, substituindo ''Geração Brasil''.


CURRÍCULO NA MÃO

Roberto Justus definiu seus dois conselheiros para a temporada do "Aprendiz celebridades". O dramaturgo Cacá Rosset e o consultor do Sebrae Renato Santos irão auxiliar o empresário durante as sessões na sala de reunião, onde um participante será eliminado. Ao todo, serão 15 celebridades concorrendo ao prêmio de R$ 1 milhão. O vencedor representará uma instituição de caridade, que ganhará uma quantia a ser definida. Além disso, a produção também terá um canal de interatividade com o público. Por meio da internet, os telespectadores ganharão um cargo de conselheiro. O programa tem estreia definida para o dia 22 de abril.


RÁPIDAS

#Hoje, o ''Caldeirão do Huck'' recebe a cantora Valeska Popozuda.

#O ''Zorra total'' estreia, hoje, o quadro ''Ônibus na Marginal Parada''.

#A cantora Wanessa participa, amanhã, de ''O melhor do Brasil''.

# Neste domingo, Scheila Carvalho é a entrevistada do ''De frente com Gabi''.


FOI BEM

A boa desenvoltura e naturalidade de Marcos Veras no ''Encontro com Fátima Bernardes''. Os momentos em que o humorista se fantasia da apresentadora são o ponto alto do programa.


FOI MAL

O excesso de cenas de ação em ''Pecado mortal''. Diversas vezes, fica difícil acompanhar a história por conta dos inúmeros momentos de tiro, correria e perseguições.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o resultado do PIB nos dois últimos trimestres vai interferir no resultado das eleições?