Publicidade

18 de Abril de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

FUNÇÃO SOCIAL

Luiza Curvo acredita que o papel da televisão vá muito além do entretenimento. Por isso, a atriz de 28 anos não hesitou em aceitar o convite para interpretar a enfermeira Rosangela na série "Conselho tutelar", que apresenta o cotidiano de dois conselheiros tutelares e uma psicóloga. Juntos, eles lutam contra a violência infantil. "Muitas vezes, a dramaturgia assume uma posição educadora. A violência infantil é um assunto muito relevante, mas pouco discutido. É importante esclarecer e debater essa temática em um veículo de tanto alcance como a TV", valoriza. Na história, a personagem de Luiza é ex-namorada de César, conselheiro interpretado por Paulo Vilela, e é responsável por ajudá-lo emocionalmente com traumas do passado. "Ela é o elo afetivo dele e quem o ajuda a se reestruturar psicologicamente", adianta. Filha de médicos, a atriz não precisou ir muito longe na hora de compor o lado de enfermagem de Rosangela. "Não foi nada difícil achar referências. Busquei situações que fizessem sentido dentro do contexto da personagem", afirma ela, que optou por não focar no lado jurídico da série. "Ela não conhece esse universo. Então, as minhas dúvidas são pertinentes para a personagem", completa.


SEGUNDA TELA

A internet e as tecnologias são uma realidade cada vez mais presente na vida dos brasileiros. Por conta disso, Filipe Miguez e Izabel de Oliveira pretendem retratar esse fato fora e dentro da trama de "Geração Brasil", próxima novela das sete. Responsáveis pelo sucesso de "Cheias de charme", um dos primeiros folhetins a usar a experiência transmídia, os autores irão investir em uma maior interação com o público na nova trama. "Foi uma oportunidade muito boa, e estávamos só começando essa ideia de segunda tela. Agora, queremos muitas brincadeiras com linguagem e interação", afirma Filipe.


DOSE DUPLA

A sensualidade será uma das vertentes mais exploradas de "O caçador". No terceiro episódio da série, que irá ao ar no dia 25 de abril, as atrizes e irmãs gêmeas Morgane e Monica Martins irão interpretar duas garotas de programa que terão um caso com o protagonista André, papel de Cauã Reymond. A dupla tem longo currículo no teatro em montagens como ''A visita da velha senhora'' e ''Blue jeans - O doce veneno do escorpião''.


ÚLTIMOS ACERTOS

A equipe de "Além do horizonte" começou a gravar as cenas finais e decisivas da trama escrita por Carlos Gregório e Marcos Bernstein. Essa semana, parte do elenco gravou as sequências em que o pessoal do Rio de Janeiro embarca para Tapiré com o intuito de destruir a Comunidade. O último capítulo do folhetim será exibido no dia 2 de maio.


TESOURA NA MÃO

Após toda a polêmica envolvendo o cabelo de Marina Ruy Barbosa em "Amor à vida", a atriz terá seus fios ruivos cortados em "Falso brilhante", título provisório da próxima novela das nove. No entanto, dessa vez, a transformação não será radical como pedia a história de Walcyr Carrasco. Para interpretar a ninfeta Maria Isis, Marina terá de aparecer com os cabelos cortados na altura dos ombros. A novela tem estreia prevista para o começo do segundo semestre.


NOME NA LISTA

Aos poucos, Rui Vilhena e Ricardo Waddington organizam o elenco da próxima novela das seis, "Boogie Oogie". Bruno Garcia é o novo nome confirmado na história, que tem estreia prevista para o segundo semestre. O último trabalho do ator foi em "Sangue bom". O folhetim também contará com as participações de Lima Duarte, Fabiula Nascimento, Alessandra Negrini e Giulia Gam. "A lista de atores com quem eu gostaria de trabalhar é enorme", brinca o autor.


RÁPIDAS

# Nesta sexta, Daniel Bork recebe o chefe de cozinha da seleção portuguesa, Hélio Loureiro, no "Dia dia", da Band.

# Hoje, no segundo episódio da série "O caçador", André recebe a visita inesperada da cunhada Kátia em sua quitinete.

# A Record exibe, nesta sexta, o episódio "Segunda estrela à direita", da segunda temporada de "Era uma vez".

# Nesta sexta, o SBT exibe o "Feriadão SBT", uma programação infantil especial sob o comando de Matheus Ueta e Ana Victória.


FOI BEM

A variedade artística de Marcius Melhem no "Tá no ar: A TV na TV''. Longe de seu habitual parceiro Leandro Hassum, o humorista garante que tem vida própria e protagoniza bons momentos na produção.


FOI MAL

A figuração de luxo da banda Os Nerds, liderada por André Abujamra, no "Agora é tarde". Os músicos não têm participação efetiva no talk show como acontecia com o Ultraje a Rigor. Às vezes, é difícil lembrar que há um grupo musical no estúdio.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?