Publicidade

07 de Maio de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

EM ALTA

Marcelo Adnet encontrou no "Tá no ar: a TV na TV" o que era comum a ele em seus tempos de MTV: o sucesso. Afinal, quando a "music television" ameaçava fechar as portas e o humorista teve de migrar para a Globo, ele sentiu na nova emissora um gosto que ainda não havia experimentado na TV: o fracasso. Duramente criticado por seu desempenho em "O dentista mascarado", Adnet buscava um programa que resgatasse seu lado criativo e inteligente. Em dupla com Marcius Melhem, nasceu o humorístico que vai ao ar às quintas-feiras. "O programa ganhou uma identidade logo no episódio de estreia. Fiquei muito feliz com o resultado", comemora. A produção segue os moldes do extinto "TV Pirata" e brinca com a programação da TV, dando a impressão de que o telespectador está zapeando os canais. "O bom é que não foi colocado limite. Só tivemos liberdade e interlocução. E isso nos faz trabalhar de mãos dadas com a nossa responsabilidade", pondera. Com média de 11 pontos, a produção já tem uma segunda temporada quase garantida. "Os primeiros oito episódios vão até o início da Copa. Há uma corrente forte para continuarmos depois ou até no próximo ano. Mas ainda não está garantido", torce.


BOA REPERCUSSÃO

"Além do horizonte" teve história por vezes confusa e problemas na audiência, mas nada que tenha abalado o desempenho de seu elenco. Antonio Calloni que o diga. Elogiado pela direção da Globo por seu desempenho como o vilão LC, ele já está escalado para um papel importante de "Dupla identidade", minissérie assinada por Glória Perez. Vale lembrar que a autora é responsável pelos personagens de maior popularidade da carreira de Calloni, o simpático Mohamed de "O clone" e o amoral César de "Caminho das Índias".


PONTAS DE LUXO

Regina Duarte grava participação especial em "Falso brilhante", novela de Aguinaldo Silva que substituirá "Em família". Na trama, a atriz viverá Maria Joaquina, uma rica compradora de diamantes. Quem também só participará de um capítulo é Reginaldo Faria. O ator interpretará Sebastião Feliciano, que concorrerá nos garimpos com José Alfredo, protagonistas de Alexandre Nero, e morrerá no primeiro capítulo.


NOVIDADE NA ÁREA

Definido o elenco de "Plano alto". A série, que deve começar a ser exibida pela Record em agosto, é escrita por Marcílio Moraes e vai caminhar sobre o universo político brasileiro, desde a ditadura militar até os atuais protestos com os black blocs. Milhem Cortaz, Gracindo Júnior, Victor Fasano, Daniela Galli, Jussara Freira, Giuseppe Oristânio, Juan Alba, Babi Xavier e Esther Góes foram escalados para contar a história.


FOI BEM

Para o novo dia e horário de "O mundo segundo os brasileiros", da Band. O programa, que mostra pontos turísticos e desconhecidos de diferentes cidades do mundo sob a ótica de brasileiros residentes lá, estava muito escondido às segundas depois do "CQC". O novo horário é às terças, às 22h.


FOI MAL

Para a reformulação do "Fantástico". A mudança no cenário, as reuniões de pauta fake e a manutenção dos mesmos assuntos desinteressantes têm sido tido reflexões na audiência, que, no último domingo, teve o pior índice de sua história: 14 pontos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?