Publicidade

11 de Junho de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

DE CABEÇA

A pouca idade e a singela experiência televisiva não foram um entrave para Gabriel Falcão na hora de encarar o protagonista Ben da atual fase de ''Malhação''. Mesmo dando vida a um dos papéis principais da trama infantojuvenil, o ator evitou pensar na pressão que envolve o trabalho. "Meu foco sempre foram as cenas. A pressão acaba desviando sua atenção. Fiquei impressionado com a visibilidade que a TV oferece", afirma. "Cria" do teatro, Gabriel levou tempo para se adaptar ao ritmo frenético de gravações e ao alto volume de sequências. "A grande dificuldade é gerenciar o próprio tempo. É preciso criar um esquema de estudo especial. Copiei da Bianca uma forma de roteirizar as cenas semanalmente, com uma cor específica para cada dia, e seguindo a cronologia dos capítulos. Salvou minha vida", revela, referindo-se a sua colega de elenco Bianca Salgueiro, que interpretada a mocinha Anita. Com o fim da novela adolescente, Gabriel pretende viajar para Londres, onde estudará sobre o autor William Shakespeare. ''Depois disso, existem sim outros projetos e possibilidades para voltar ao Brasil. No entanto, ainda é cedo para falar", desconversa.


POLÍTICA DA BOA VIZINHANÇA

O prestígio de Tatá Werneck e Fábio Porchat colabora para as diversas participações especiais no "Tudo Pela Audiência", do Multishow. Contratado do SBT, Danilo Gentili gravou uma participação no novo humorístico. Além de ficar amarrado a uma pessoa da plateia para o quadro ''Me amarro num famoso'', o apresentador do "The noite'' também falou sobre sexo no quadro ''Kama Surta'' e ainda exerceu seu papel de entrevistador fazendo perguntas para a dupla de apresentadores. Vale lembrar que Porchat foi o primeiro entrevistado de Danilo em seu talk show no SBT. A produção tem estreia prevista para o dia 15 de julho.


SUCESSO DE FORA

Os índices de audiência de ''Pecado Mortal" podem não ter sido elevados. Ainda assim, a novela de Carlos Lombardi venceu na categoria de Melhor Novela de 2013 do "Banff Media Festival", um dos prêmios de maior prestígio no Canadá. Com o título traduzido para ''Sins...'', o folhetim dirigido por Alexandre Avancini concorreu com produções do Canadá, Hong Kong, Grã-Bretanha, Noruega e Coreia do Sul. No ano passado, a Record conquistou o prêmio com ''Balacobaco'' e, em 2012, com ''Vidas em jogo''.


FOI BEM

O desempenho de Paula Barbosa, a Gina de "Meu pedacinho de chão". Ao lado de Johnny Massaro, o Ferdinando, a atriz protagoniza boas sequências e transita bem entre os momentos sérios e cômicos de sua personagem.


FOI MAL

A redução de espaço da trama de Natália do Valle, a Chica de "Em família". Antes reservada ao papel de uma espécie de adolescente de meia idade, a atriz exerce uma figuração de luxo no folhetim, sendo útil apenas para servir de "orelhão" para Helena e Clara, interpretadas por Julia Lemmertz e Giovanna Antonelli.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você escolhe seu candidato através de: