Publicidade

26 de Junho de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

CONVOCADO

A ideia de Thiago Martins era se manter afastado da televisão até iniciar sua preparação para a próxima novela de Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga, com estreia prevista para janeiro de 2015. No entanto, o ator viu seus planos serem alterados após o convite do diretor de núcleo Rogério Gomes. Ele está escalado para uma participação nos dois primeiros capítulos de ''Império", novo folhetim das nove. "Estava preparado para começar a trabalhar só em dezembro. Mas o convite foi irrecusável e tentávamos trabalhar juntos há tempos. Como é uma participação pequena, não irá atrapalhar minha escalação na novela do Gilberto", afirma. Na primeira fase da história de Aguinaldo Silva, Thiago vive o rude Evaldo, irmão de José Alfredo, interpretado por Chay Suede. O personagem será traído pelo irmão quando o protagonista se envolver com sua esposa Eliane, papel de Vanessa Giácomo. "É um homem muito ogro, bronco e grosseiro. Chega a ser até mal-educado algumas vezes", explica. Natural do Rio de Janeiro, Thiago interpreta pela primeira vez um nordestino na televisão. Para amenizar o sotaque carioca, o ator recorreu a sessões com uma fonoaudióloga. "As aulas me ajudaram muito, mas também tive influência em casa. Minha mãe é nordestina, e, quando ela quer, o sotaque sai", ressalta ele, que optou por construir seu papel através de observações do dia a dia. "Prestei atenção em algumas pessoas que são mais frias e não demonstram sentimentos", completa.


MUNDO BÍBLICO

Gisele Policarpo está escalada para participar do episódio ''O endemoniado cego e mudo", da minissérie ''Milagres de Jesus''. Na história, ela viverá a jovem Lota. O último trabalho da atriz na emissora foi no especial de fim de ano "Pa pe pi po pu''. O episódio da trama bíblica está previsto para ir ao ar no dia 9 de julho.


PRESENÇAS

Apesar de lidar com um elenco pequeno, Gloria Perez contará com diversas participações especiais em "Dupla identidade", como é o caso de Bárbara Paz, escalada para integrar um episódio da série protagonizada por Bruno Gagliasso. A história, que conta com a direção de núcleo de Mauro Mendonça Filho, tem estreia prevista para setembro.


MUDANÇAS PELO CAMINHO

A equipe cenográfica da nova temporada de "Malhação" espera ter muito trabalho em 2014. Isso porque, ao longo dos capítulos, os rumos da história de Rosane Svartman e Paulo Halm podem alterar os cenários e estúdios da novela infantojuvenil. De acordo com o desenvolvimento da trama, nova áreas devem ser adicionadas à cidade cenográfica e aos estúdios. "Todo o complexo está pronto para as gravações. Mas estamos trabalhando com a criatividade de toda a equipe e torcendo para que venham mudanças ao longo do ano'', afirma João Irênio, cenógrafo.


TOQUE DE REALIDADE

George Moura buscou diversos caminhos para afastar e modernizar ao máximo a nova versão de "O rebu", próximo remake das 23h, baseado na obra de Bráulio Pedroso. Para atualizar e contextualizar a temática da novela em 2014, o autor decidiu transformar os personagens Conrad Mahler e Cauê, interpretados por Ziembinski e Buza Ferraz, respectivamente, em duas mulheres, Angela Mahler e Duda, de Patrícia Pillar e Sophie Charlotte. "É um esforço de trabalhar a ideia da contemporaneidade na trama. Hoje, as mulheres estão no poder. Cada vez mais, elas são independentes, fortes e decididas", explica George Moura.


TOMANDO FORMA

A Globo deu início aos trabalhos em estúdio da próxima novela das seis, "Boogie Oogie". Atores como Deborah Secco, Alessandra Negrini e Fabrício Boliveira já gravaram suas primeiras cenas no Projac, complexo de estúdios da Globo, localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Anteriormente, a equipe de Gustavo Fernandez, diretor geral, comandou as sequências iniciais no bairro de Marechal Hermes, Zona Norte do Rio.


RÁPIDAS

# Nesta quinta, Mariana Ximenes participa do episódio de "A grande família".

# Hoje, em "Segunda dama", Marali é presa como suspeita do assassinato de Sarah Garcez.

# A Record revela, hoje, os três finalistas de o ''Aprendiz - Celebridades".


FOI BEM

O espaço destinado aos atores pernambucanos na novela "Geração Brasil". A produção sai da mesmice do eixo Rio - São Paulo e abre oportunidade para que os atores utilizem seus sotaques legítimos.


FOI MAL

O reciclado "Agora é tarde" comandado por Rafinha Bastos. Após a saída de Danilo Gentili, o apresentador apenas adaptou e mudou os nomes de alguns quadros da produção. Falta frescor e novidade no talk show, que ganhou ares de programa requentado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?