Publicidade

03 de Julho de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

CAMINHO RETO

A televisão tem se tornando um dos grandes focos de Joaquim Lopes nos últimos tempos. Após uma rápida participação nos primeiros capítulos de "Geração Brasil", o ator foi escalado para integrar o elenco de "Império". Apesar do curto espaço de tempo entre os dois projetos, Joaquim ressalta a boa relação que vem construindo com os diretores da emissora. "Foi uma correria agradável. Foi um convite da Maria Medicis, que me dirigiu em 'Sangue Bom', e não ia atrapalhar minha escalação na novela das nove. Achei muito importante essa confiança que depositaram em mim", valoriza. Na história de Aguinaldo Silva, ele será o chefe de cozinha Enrico, filho do cerimonialista Cláudio Bolgari, papel de José Mayer. No entanto, a relação entre os dois irá estremecer após o filho descobrir que o pai é homossexual. "Ele vai ter uma reação exagerada. É um cara meio grosso e destemperado. O que mais o abala é descobrir que o pai é uma outra pessoa. Uma espécie de vida secreta", explica. Para compor o lado chefe de cozinha, Joaquim não precisou ir muito longe. Formando em gastronomia, o ator pegou referências de seus tempos de faculdade. "Ficou tudo em casa. Trabalhei em restaurantes. Foi uma coincidência muito boa", vibra.


PAPO CABEÇA

O lado pensante de Pedro Bial sempre ficou evidente ao longo de suas coberturas jornalísticas e, principalmente, durante os longos discursos do "Big Brother Brasil" . E foi através do "Na moral", que estreia sua terceira temporada nesta quinta, que o apresentador encontrou um espaço para o debate de ideias. "No programa, identificamos questões éticas, morais, que fazem parte do cotidiano. O público brasileiro está cada vez mais receptivo a debates que transbordam para a mesa de jantar da família. Queremos usar nossa produção como palco dessas reflexões", defende. O primeiro tema do programa da temporada será ''Identidade nacional" e contará com as participações de Tony Ramos, Ellen Jabur e Carol Nakamura.


ROTATIVIDADE

Nos últimos tempos, a Record vem diminuindo e otimizando seu banco de atores. Por isso mesmo, a minissérie ''Milagres de Jesus" é um dos principais produtos da emissora para diversos profissionais mostrarem serviço. De folga da TV desde "José do Egito", Taumaturgo Ferreira foi escalado para o episódio "A mulher cananéia''. Na história bíblica, ele será Aion, um sacerdote fenício bastante requisitado pelo povo de Tiro, em Canaã.


ENLATADO

A Globo optou por uma saída fácil e barata para ocupar o lugar de ''SuperStar". A série "24 horas: Viva um novo dia" foi escalada para substituir o reality show musical, que termina no próximo dia 6. O seriado americano estreia no dia 20 de julho. O programa comandado por Fernanda Lima e André Marques já tem sua segunda temporada garantida para o ano que vem e deve manter o mesmo grupo de jurados - formado por Ivete Sangalo, Fábio Jr. e Dinho Ouro Preto.


NOVOS ROSTOS

O ''Sessão de terapia" tem se tornando a "menina dos olhos" da televisão. E não é à toa que a produção dirigida por Selton Mello esteja exportando diversos atores para as novelas da Globo. Bianca Müller dará vida à sensual e interesseira Mirna em "O rebu", de George Moura. A atriz segue os mesmos passos de Sérgio Guizé, que fez sua estreia como protagonista em novelas no remake de "Saramandaia".


LADO B

Conhecida pelos papéis cômicos, Marisa Orth mostrará uma outra face na nova série policial da Globo, "Dupla identidade". Na história escrita por Gloria Perez, ela será uma mulher calculista e que é traída pelo marido. O último trabalho da atriz foi na novela "Sangue bom" como a falsa beata Damáris.


RÁPIDAS

# Nesta quinta, a Record exibe, ao vivo, a grande final de "Aprendiz celebridades".

# No episódio de hoje de "A grande família", Lurdinha fica cada vez mais parecida com Dona Nenê.

# Daniela Albuquerque ajuda, nesta quinta, a analista de Recursos Humanos, Marina Valentim, a repaginar o guarda-roupa no "Sob medida".

# Amanhã, a Band exibe o jogo entre França e Alemanha pela Copa do Mundo.


FOI BEM

Os bons momentos de Kiko Mascarenhas, o Tavares de "Tapas & beijos". O ator, que chegou por último em um elenco já entrosado, protagoniza boas cenas e é um dos destaques do seriado.


FOI MAL

A falta de carisma de Patrícia Poeta durante as transmissões da Copa do Mundo. Ao lado de Galvão Bueno, a jornalista não conseguiu se sobressair durante a cobertura e está cada vez mais apagada.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?