Publicidade

16 de Julho de 2014 - 08:30

Compartilhar
 

Foto de Maria Joana, a Rita de "Meu Amigo Encosto", nova série do canal Viva: Jorge Rodrigues Jorge/CZN. 15/07/2014 - A menção dos créditos é obrigatória.


MERCADO ABERTO

Maria Joana vê as séries e seriados como o grande futuro para a televisão. Escalada para a produção "Meu amigo encosto", do canal Viva, a atriz acredita que o ritmo acelerado dos dias de hoje exige formas mais rápidas e condensadas de se contar histórias. "Esse mercado está vindo com força total no Brasil. As pessoas não têm mais tempo de acompanhar quase um ano de novelas. O público quer tramas aceleradas. É uma linguagem incrível para se trabalhar", explica. Na série, Maria Joana vive a interesseira Rita, ex-mulher de Ivan, interpretado por George Sauma, e faz de tudo para atrapalhar a vida do antigo marido. "Ela não gosta mais dele, mas também não larga o osso. É meu primeiro trabalho com comédia, e estou me divertindo bastante", ressalta. O curto período entre o convite para a série e o início das gravações não foi um problema para a atriz, que prefere compor a personagem através do jogo de cena com os demais atores. "Gosto de ir a partir de um entrosamento. Através disso, fiz ela sendo bem chata e que não para de falar. Isso nasce nos estúdios. É uma construção a longo prazo", afirma. Recentemente, Maria Joana esteve na Noruega gravando a série "Lilyhammer" para o canal de internet Netflix.


NO PALCO

Tânia Amara fará participação especial nos últimos capítulos de "Em família". A cantora irá interpretar a música "Só vejo você" durante o casamento de Clara e Marina, vividas por Giovanna Antonelli e Tainá Müller. A canção, inclusive, é o tema das personagens na trama escrita por Manoel Carlos. Vale lembrar que Tânia é esposa do diretor de núcleo Jayme Monjardim.


SEM ANIMAÇÃO

As estreias da Globo para depois da Copa do Mundo deixaram a desejar. Apostando na música e no MMA para atrair os jovens, a nova temporada de "Malhação" registrou 14,8 pontos, mesma média que a temporada passada, que marcou 15 pontos no primeiro capítulo. Já "O rebu" estreou com média de 22,7 pontos, menor média do horário das 23h. Sua antecessora ''Saramandaia" alcançou 27 pontos no primeiro dia de exibição.


ESPELHO

O caráter autobiográfico de Aguinaldo Silva também estará presente em "Império". Através de Vicente, interpretado por Rafael Cardoso, o autor pretende retratar uma parte de sua história pessoal. Na trama, o personagem é um talentoso cozinheiro que vem do Nordeste para trabalhar como auxiliar de cozinha. "Esse papel tem muito de mim. Eu vim do Nordeste para cá com 16 anos e fiz minha vida aos trancos e barrancos. Acho até que fiz bem, porque consegui chegar em lugares que nunca imaginei que chegaria", explica. O folhetim tem estreia marcada para o dia 14.


TRABALHO PESADO

Bruno Gagliasso está mergulhado no universo dos serial killers, chegando a estudar dez horas por dia para compor seu próximo personagem da série "Dupla identidade". Na trama, ele interpretará o assassino Edu, que vive livre de qualquer suspeita e é procurado pela detetive Vera, de Luana Piovanni. Para compreender melhor o universo em que seu personagem está inserido, o ator está pegando referências de diversas séries americanas, como "True detective", "Dexter" e "The fall".


QUERIDINHO

Alejandro Claveaux está se tornando figura fácil nas produções da Globo. Após participar da série "O caçador" e da primeira fase de ''Império", o ator está escalado para ''Alto astral", nova novela das sete. Na trama de Daniel Ortiz, ele será César, um atleta que estará na mira do ambicioso Gustavo, papel de Guilherme Leicam. Com direção de Jorge Fernando, o folhetim tem estreia prevista para o começo de novembro.


RÁPIDAS

Nesta quarta, a Globo volta a transmitir as partidas do Campeonato Brasileiro.

A Record exibe, hoje, o episódio "Noite dos mortos vivos", da primeira temporada de "A nova super máquina".

Nesta quinta, em "A grande família", Nenê e Lineu completam 40 anos de casados e ganham uma viagem para Campos do Jordão.

Amanhã, Daniela Albuquerque transforma a vida de uma dona de casa no "Sob medida".


FOI BEM

O conjunto da obra do primeiro capítulo de "O rebu". O remake estreou com grandes sequências e pontuais atuações de Patrícia Pillar, Cássia Kis Magro e Tony Ramos.


FOI MAL

O excesso de cantoria no primeiro capítulo da nova temporada de "Malhação". Sol, a personagem de Jeniffer Nascimento, foi incapaz de ficar em cena sem cantarolar. Se a música terá mais espaço que os diálogos ao longo dos capítulos, será uma longa e enfadonha fase do folhetim infantojuvenil.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está fazendo pesquisa de preços para controlar o orçamento?